Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após empates e críticas, São Paulo anuncia saída do técnico Hernán Crespo

Divulgação/ Redes Sociais Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


13/10/2021 | 16:14


O técnico Hernán Crespo não resistiu às oscilações do São Paulo nas últimas semanas e deixou o cargo nesta quarta-feira, informou a direção do clube nesta tarde. O time do Morumbi vem de cinco empates consecutivos no Brasileirão e briga para se afastar da zona de rebaixamento.

"O São Paulo agradece aos profissionais pelo trabalho e pela dedicação demonstrados durante todo o período em que defenderam nossas cores, e pela conquista do título do Estadual, triunfo esse que não era obtido desde 2005. De imediato, o clube abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador", anunciou o clube, em comunicado.

Crespo deixa o clube na companhia do auxiliar técnico Juan Branda, dos preparadores físicos Alejandro Kohan e Gustavo Sato, do preparador de goleiros Gustavo Nepote e do analista de desempenho Tobías Kohan.

O treinador comandou o São Paulo por oito meses, no qual ajudou o time a encerrar o jejum de títulos de quase nove anos ao liderar a equipe na conquista do Campeonato Paulista, no início do ano. No total, foram 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, gerando um aproveitamento de 57,23% dos pontos disputados. Esses números não levam em conta os quatro jogos em que a equipe foi comandada pelo auxiliar Juan Branda, quando Crespo se recuperava da covid-19.

A saída do treinador argentino vinha se desenhando nas últimas semanas. E não somente pela fraca performance no Brasileirão, onde o time ocupa o 13º lugar, com 30 pontos. Ou pelas duras quedas tanto na Copa do Brasil quanto na Copa Libertadores, quando foi eliminado pelo rival Palmeiras, com direito a uma derrota por 3 a 0.

O clima com o elenco piorou e as críticas de fora começaram a pesar, a ponto de Muricy Ramalho, coordenador de futebol do clube, intervir na semana passada em defesa de Crespo. Muricy até compareceu a um dos treinos para demonstrar apoio ao técnico.

Nos últimos dias, até empresários de jogadores, como Orejuela e Benítez, passaram a pressionar o treinador. No caso de Orejuela, o atleta ficou fora das últimas partidas mesmo após se recuperar de lesão. E, ao preterir Orejuela, Crespo acabou escalando um meia, Igor Gomes, para atuar improvisado como lateral-direito. Nesta semana, o agente de Benítez disse que o jogador deixaria o clube se não ganhasse mais chances com o treinador.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;