Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rio Grande é segunda pior cidade do Estado na vacina contra Covid

André Henriques / DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Município aplicou o primeiro imunizante em apenas 60,3% da população; Prefeitura alega que os munícipes estão se protegendo em outros locais


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

09/10/2021 | 00:01


Rio Grande da Serra é a segunda pior cidade do Estado no ranking de aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid, a frente apenas de Palmares Paulista, que pertence à microrregião de Catanduva, no Noroeste de São Paulo. De acordo com dados do site Vacina Já, mantido pelo governo do Estado, a cidade do Grande ABC aplicou o primeiro imunizante em 60,3% da população, enquanto que o município do Interior contemplou 59,3% dos moradores. Segundo a Prefeitura rio-grandense, não faltam doses e a marca negativa é porque os munícipes estão se vacinando em outros municípios.

Na comparação dos dados de Rio Grande da Serra com os das outras cidades da região, a diferença é grande. De acordo com o Estado, São Caetano (83,4%) e Santo André (81,3%) lideram o ranking regional – a tabela usa como referência a população divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2020. A situação é similar a do Vacinômetro, publicado todos os dias pelo Diário e que leva em conta as informações das prefeituras com o número da população atualizada com dados de agosto.

Conforme o secretário de Saúde de Rio Grande da Serra, Tchello Pierro, o lento avanço da vacinação da cidade é devido ao fato de os moradores terem se imunizado em outras cidades. Na visão do titular da pasta, o município é apenas uma cidade dormitório e, por isso, seus habitantes foram protegidos da Covid nos locais onde trabalham, apesar de todas as cidades exigirem comprovante de residência para aplicar os imunizantes. 

“Como a maioria das pessoas trabalha em outras cidades, tenho quase certeza que elas acabaram se vacinando em Santo André, em São Caetano ou até mesmo em Ribeirão Pires. Dessa forma, essa dose acaba caindo na conta da cidade que realizou a vacinação, por isso parece que Rio Grande da Serra não está vacinando”, declarou o secretário.

Pierro ainda sustentou que não se importa com o lugar da cidade no ranking do Estado de São Paulo e que dá mais atenção ao número da letalidade do novo coronavírus na cidade. “Como a taxa de letalidade está baixa por aqui, acredito que os moradores estejam se vacinando”, afirmou. 

Na região, a taxa de letalidade da Covid é de 3,03% conforme dados da plataforma SP Covid Info Tracker, mantida por pesquisadores da Unesp (Universidade Estadual Paulista), da USP (Universidade de São Paulo) e do Cemai (Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria). 

O Diário conversou com moradores de Rio Grande da Serra e não encontrou ninguém que tivesse tomado a vacina fora do município ou que ainda não estivesse protegido da Covid. O aposentado Gilberto Moura, 62 anos, morador do bairro Monte Alegre, disse que ele e que toda sua família se protegeu na cidade. “Me vacinei aqui, assim como minha mulher e meus filhos. Foi tudo tranquilo”, disse. A mesma situação informou o soldador Sebastião da Silva Cassemiro, 62. “Tomei as duas doses aqui em Rio Grande da Serra.”

REFORÇOS

Além de figurar na penúltima posição do ranking de primeira dose, Rio Grande da Serra também tem desempenho pífio na quantidade de moradores que completaram o esquema vacinal. Até ontem, de acordo com dados enviados pela Prefeitura, apenas 38,6% da população estava totalmente protegida do coronavírus. A média das cidades do Grande ABC é de 56,7%. 

Outro agravante em Rio Grande da Serra é a aplicação da dose suplementar em idosos acima de 60 anos. A Prefeitura não informa nos boletins epidemiológicos diários quantos moradores desta faixa etária já foram contemplados.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;