Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Dicas e cuidados para não ser vítima da clonagem do WhatsApp

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

13/10/2021 | 15:48


*Por Laura Tyrell, chefe de RP da NordVPN

A tecnologia traz diversas facilidades e comodidades à rotina. No entanto, também é preciso ficar atento aos riscos. Um golpe que tem sido muito comum é o da clonagem do WhatsApp e de outros aplicativos de mensagens.

Leia mais:
Queda do WhatsApp gerou prejuízo? Usuários poderão pedir indenização
Aprenda a bloquear contatos desagradáveis no WhatsApp

Conseguir os telefones das vítimas não é difícil. Em geral, somos nós mesmos que nos colocamos em risco, compartilhando nosso contato em sites de compras, redes sociais, anúncios de venda. O primeiro passo é tentar logar a conta do usuário em outro aparelho, que receberá um SMS com 6 dígitos para verificar a conta. É aí que entra a ação dos golpistas. Com isso, os criminosos conseguem realizar a clonagem do WhatsApp e começam a disparar mensagens pedindo dinheiro aos contatos da vítima, se passando por ela.

Caso isso aconteça com você, informe amigos e familiares para que eles não caiam no golpe. Para recuperar a conta clonada, por sua vez, procure no menu do app a opção “Ajuda” e em seguida “Fale conosco”. Inicie a conversa com o suporte e, se possível, envie prints da conversa dos cibercriminosos.

Outra opção é usar o e-mail support@whatsapp.com, no qual se deve relatar o ocorrido, semelhante ao processo pelo aplicativo. Na página oficial do WhatsApp ainda é possível encontrar ajuda em “Fale conosco” e “Entre em contato conosco” na aba “Suporte para o WhatsApp Messenger”. Preencha o formulário com informações como nome, e-mail, tipo de sistema operacional que utiliza e envie.

Aqui, vale um alerta para quem deixa o app logado em computadores, sendo que outras pessoas podem ter acesso às conversas. Recomenda-se sempre fazer logout ao terminar de usar o mensageiro. Caso esqueça conectado, é possível receber avisos pelo celular comunicando que a versão Web está logada e desconectar pelo celular (WhatsApp Web > Sair de todas as sessões?).

Para se proteger da clonagem do WhatsApp, basta ativar o modo “Verificação em duas etapas” do aplicativo. Basta ir em “Ajustes”, “Conta” e ativar essa opção. Em seguida, você cria uma senha que será solicitada sempre que a conta for instalada em outro aparelho – mesmo que a pessoa caia no golpe e informe aos criminosos o código de acesso enviado via SMS.

*Laura Tyrell é chefe de RP da NordVPN, empresa especializada em soluções de privacidade, segurança e rede privada virtual (VPN)

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;