Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Cordialidade política


Do Diário do Grande ABC

08/10/2021 | 00:01


Políticos representantes de partidos rivais e com programas antagônicos, o governador João Doria (PSDB) e o prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior (PT), deram ontem, durante a solenidade de entrega da unidade da Rede Lucy Montoro na cidade do Grande ABC, exemplo de civilidade, cordialidade e respeito políticos. Em discursos impecavelmente institucionais, longe do tom de palanque muito comum em períodos próximos às eleições, ambos demonstraram que é possível superar divergências particulares em benefício da população. Quem tentou extrapolar, como o deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos), foi vaiado pelo público. Bom sinal.

O evento em Diadema destoou do que a opinião pública se acostumou a ver nos últimos anos, com a radicalização excessiva – e estéril – da política. O Grande ABC, aliás, tem sido grande vítima de administrações exercidas com personalismo, rancor e revanchismo. Exemplos regionais não faltam, mas este Diário, para não estragar a harmonia do momento, vai evitar citar nomes, embora os leitores terão dificuldade zero para evocá-los.

Muitas das demandas das sete cidades poderiam ter sido atendidas pelos governadores ou presidentes que se sucederam no poder se houvesse maior consenso entre os políticos eleitos na e pela região. Mas existem muitos indivíduos interessados na manutenção da divergência, porque fazem dela ativo político para se manter no poder. Separam o todo para se fortalecer individualmente. Enquanto isso, toda a sociedade paga.

Pela pujança de sua economia, pelo potencial de seus eleitores e pelo brio de seus quase 3 milhões de moradores, o Grande ABC deveria merecer olhar diferenciado de governadores e presidentes. Mas a política fratricida, a verborragia excessiva que esconde a incompetência administrativa e as picuinhas entre iguais impedem que isso ocorra. Doria e Filippi surpreenderam porque fizeram o oposto. E este Diário, defensor intransigente da construção de pontes em vez de muros, não poderia deixar de parabenizar a ambos. Que o exemplo frutifique.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;