Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sto.André quer resgatar protagonismo no vôlei a partir da Superliga C

André Henriques/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Modalidade, que foi a mais vitoriosa nos tempos da Pirelli, ingressa na Terceira Divisão e mira chegar à elite na próxima temporada


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

30/09/2021 | 00:01


Santo André espera resgatar os tempos áureos do vôlei masculino e, o primeiro passo, foi a confirmação da equipe na disputa da Superliga C, entre 27 de outubro e 7 de novembro. Protagonista estadual, nacional e continental na modalidade entre os anos 1970 e 1980, nos tempos da Pirelli, quando conquistou um mundial, o bicampeonato sul-americano, o tetra brasileiro e o octa paulista, o time tem DNA vencedor e nutre o objetivo de novamente figurar entre as principais equipes do País. Anteontem, os dois primeiros reforços do Super Vôlei Santo André foram apresentados em estande da Patriani, principal patrocinadora do time: o pentacampeão brasileiro e medalha de prata em Londres-2012 Thiago Alves, 35, e o líbero bicampeão nacional Rafael, 37, que chegam para liderar a jovem equipe andreense, atualmente toda formada por atletas sub-21.

“Em 2021 se completam 25 anos que jogo vôlei, é um ciclo. Virei profissional aos 17, era o mais novo, e nas minhas últimas equipes era o mais velho ou o segundo mais velho. Essa troca é natural. Tem muitas coisas que a gente vê neles que nós passamos, então tentamos dar conselhos, atalhos, porque faz diferença se puder pular algumas etapas. Essa mescla tem tudo para ser vitoriosa”, destacou Thiago Alves.

“A juventude é mais força, muita vontade, e a gente com certa bagagem sabe que existem momentos do jogo para se usar força, em outros o adversário pode estar melhor e é preciso encontrar solução e necessita ir mais devagar. Então é uma troca. Vemos que os mais novos estão querendo buscar seu espaço, vemos a energia. Até brinquei quando cheguei e vi o treino, perguntei ‘o que estou fazendo aqui? Os caras estão treinando bem para caramba’. Então é aliar essa energia deles e a serenidade de nós, mais velhos”, disse Rafael.

Os contratados estiveram no evento ao lado do técnico e ex-jogador da Pirelli, Marcelo Madeira, do subsecretário de Esportes da cidade, Gilberto Krauser, e do diretor da empresa, Bruno Patriani.

Com estes reforços – e outros mais chegarão – os planos são conquistar uma das quatro vagas de acesso, disputar a Superliga B nos primeiros meses do ano que vem e na própria temporada 2022 já estar de volta à Primeira Divisão nacional. “A gente tem ideia que são mais de 40 times de todo o Brasil para quatro vagas (na Superliga C), mas ainda não sabemos o formato”, explicou Madeira. “É um passo importante para, quem sabe, no futuro, a gente esteja de volta à elite do vôlei brasileiro”, projetou.

APOIO
A Patriani, patrocinadora principal da equipe, que também investe no basquete, espera utilizar estas parcerias como espécie de contrapartida à cidade e à sociedade. “É uma forma de retribuir o carinho de clientes, fornecedores, colaboradores. Gostamos de estar inseridos na comunidade. Não é apenas derrubar seis casas e colocar 120 famílias no lugar, isso é muito pouco para a construtora. É importante participar da vida da cidade”, enfatizou Bruno. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;