Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mauá é única da região a antecipar reforço aos profissionais da saúde

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Terceira dose da vacina contra a Covid para o público começou ontem; outros municípios aguardam envio de fármacos pelo governo do Estado


Arthur Gandini
Especial para o Diário

29/09/2021 | 00:01


Mauá se antecipou aos outros municípios do Grande ABC e deu início ontem à vacinação com a dose suplementar dos profissionais de saúde da cidade que receberam o segundo imunizante há pelo menos seis meses. A vacinação está disponível para este público nas 23 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h30. A exceção vale para as unidades Flórida, Magini e Zaira 2, que funcionam até as 20h. A tenda sanitária da Praça 22 de Novembro, ao lado do Terminal Municipal, também oferece as doses suplementares das 17h às 20h.

De acordo com a Prefeitura, para ter direito ao imunizante, os profissionais precisam, necessariamente, ter recebido as primeiras duas doses da vacina em Mauá. Para isso devem apresentar o comprovante de vacinação com o registro das duas primeiras doses, além da CNH ou do RG.

Cristina Amadei é a responsável pela farmácia da UBS no bairro Jardim Flórida. Ela se vacinou ontem. “Essa dose significa mais segurança, pois atuamos com muito carinho na linha de frente. Então é uma proteção a mais”, relata. A profissional de saúde já foi infectada pelo coronavírus e perdeu o pai de 83 anos por conta da Covid.

Outra contemplada com a antecipação da vacinação em Mauá foi Regina Major, auxiliar de odontologia e que ajuda no monitoramento dos pacientes pós-doença. Ela festejou a dose de reforço, mas não esqueceu do compromisso de seguir na batalha. “Tomar essa vacina representa uma vitória. Passamos, nesses quase dois anos, por situações bem difíceis, com medo, muitas vezes deprimida, mas sabendo da importância de termos forças para continuar lutando nessa guerra contra a Covid”, comentou. 

CIDADES AGUARDAM DOSES

O Ministério da Saúde aprovou na sexta-feira a dose suplementar para profissionais de saúde. A orientação é que a aplicação seja realizada preferencialmente com a vacina da Pfizer. Contudo, prefeituras da região têm aguardado o envio de lotes de vacina pelo governo do Estado para dar início à aplicação neste público.

A Prefeitura de São Bernardo informou ao Diário que aguarda a chegada de lotes para estabelecer o cronograma de imunização do público de profissionais de saúde, de aproximadamente 32 mil pessoas. Já São Caetano afirma não ter recebido documento técnico, assim como lotes do governo federal, que formalizem o início da aplicação de cerca de 15 mil doses em profissionais de saúde. O Paço de Diadema também aguarda orientações sobre o início da estratégia, assim como a entrega de novas doses. Já Ribeirão Pires aguarda o envio de fármacos e estima a vacinação de 7.000 profissionais, prevista para acontecer no Complexo Ayrton Senna. A Prefeitura de Santo André apenas informou que aguarda orientações do governo do Estado. Rio Grande da Serra não comentou quando deve iniciar a vacinação suplementar dos profissionais de saúde dos munícipes. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;