Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado registra evasão de 40% após volta de aulas presenciais

Divulgação/ Ricardo Cassin/ PMSBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cenário já era esperado por especialista; cidades da região dizem adotar busca ativa


Arthur Gandini
Especial para o Diário

28/09/2021 | 00:02


A evasão escolar em razão da pandemia tem sido um problema com a retomada do ensino presencial. Segundo a Seduc (Secretaria de Educação do Estado de São Paulo), quatro a cada dez alunos da rede pública estadual, ou seja, 40%, não retornaram para as atividades presenciais. A pasta não informou a situação nas escolas do Grande ABC e disse que cada instituição tem autonomia para realizar a busca ativa. 

O Diário solicitou às prefeituras da região informações sobre a taxa de evasão nas redes municipais. O Paço de Santo André disse que apenas 46 alunos da pré-escola e 111 do ensino fundamental não retornaram para as escolas. Em São Bernardo, a administração limitou-se a dizer que “mantém contato permanente com as famílias para evitar a evasão escolar”. Já em São Caetano, 20% dos matriculados na educação infantil não retornaram, mas a Prefeitura garante que esses alunos estão realizando atividades remotas. Mauá também não revelou os números da evasão e diz que faz busca ativa quando os alunos perdem contato com a escola. Já Ribeirão Pires nega que tenha havido evasão na cidade. Por fim, Rio Grande da Serra informou que 10% dos alunos do ensino infantil não retornaram para as aulas presenciais ou não têm feito atividades remotas. A Prefeitura de Diadema não respondeu à demanda. 

“O abandono escolar já era uma preocupação das escolas antes da pandemia e os números cresceram mais com a crise sanitária e as dificuldades de acompanhamento das aulas de forma remota”, avalia Ana Ligia Scachetti, gerente pedagógica da Nova Escola, negócio social voltado a oferecer recursos para educadores.

A evasão também acontece entre as escolas particulares. O jovem João Lucca Boscolo, 4 anos, abandonou os estudos na escola infantil Clubinho Feliz, em Santo André. A sua mãe e psicóloga Talita Leão, 34, afirma que deve levar o filho de volta às aulas apenas no ano que vem. “Percebi que não faria sentido continuar com a aula on-line uma vez que a responsabilidade de ensinar e auxiliar seria minha. Quando retornaram as aulas presenciais, não me senti segura em mandá-lo. Hoje faço atividades quatro vezes na semana com ele”, conta.

REMATRÍCULA

Em todas cidades da região é necessário efetuar a rematrícula para garantir a continuidade do aluno na escola em 2021. Em Santo André, o processo está aberto até 8 de outubro para a educação infantil e ensino fundamental – no dia 4 de outubro será iniciado chamamento para as creches. Já em São Bernardo, na educação infantil o processo foi realizado de 11 a 27 de agosto. No caso do ensino fundamental a rematrícula ocorre entre 16 e 19 de novembro. Em São Caetano e em Ribeirão Pires, o processo será aberto em outubro. Em Mauá e Rio Grande da Serra, a rematrícula está à disposição dos moradores.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;