Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Róger Guedes responde gesto de Gabriel Menino: 'Quem ri por último, ri melhor'



27/09/2021 | 14:30


O clássico entre Corinthians e Palmeiras, vencido no último sábado pelo clube alvinegro por 2 a 1, ainda está gerando polêmica dois dias depois. Nesta segunda-feira, o atacante Róger Guedes, autor dos dois gols corintianos, falou sobre a provocação de Gabriel Menino, lateral-direito e meia do rival alviverde, que fez um gesto pedindo silêncio após marcar o gol de empate no final do primeiro tempo.

"Alguns jogadores perceberam na hora. Eu acabei não percebendo porque ele estava comemorando o gol e eu estava puto da vida porque a bola bateu em mim. A gente poderia ter aberto 2 a 0 no placar, tomar o empate no finalzinho do primeiro tempo acabou baixando o ânimo da gente. Eu não vi a comemoração, a gente acabou vendo no final do jogo. Mas é aquela: quem ri por último, ri melhor", disse o atacante corintiano em entrevista à TV Globo.

"A zoação faz parte do jogo. Foi o momento que ele pediu para todo mundo ficar quieto, não entendi o motivo, não tinha torcedor no estádio. Não sei para quem ele mandou isso, acho que foi para nossa equipe. Graças a Deus, no final fiz o gol e dei a vitória para nossa equipe", prosseguiu.

Desde sua estreia contra o Juventude, no começo do mês, esta foi a primeira vitória de Róger Guedes pelo Corinthians. Em quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro, ele marcou três gols e deu uma assistência. Mesmo vindo de nove meses de inatividade, esteve em campo durante os 90 minutos nas quatro partidas.

"Eu tenho um estafe muito bom por trás de mim, que me dá todo o suporte possível, meus empresários, tem o Ramon, um cara que tá vindo de Criciúma para continuar esse trabalho comigo. Trabalhei forte esses meses em Criciúma porque sabia que a qualquer momento poderia acertar com alguma equipe, foi para chegar como cheguei, aguentando os 90 minutos. São quatro jogos, foi um grande trabalho do professor Ramon", explicou.

Assim como fez no último sábado, Róger Guedes falou sobre os objetivos do Corinthians até o final do Brasileirão. "Acabou de começar o segundo turno, vamos beliscando aos poucos. Não podemos mentir, sabemos que o título está um pouco distante, mas se deixar a gente beliscar vamos indo. Se Deus quiser, podemos chegar no título, que é o maior objetivo. Todo mundo quer conquistar títulos, ainda mais o Brasileiro. Vamos tentar agarrar com unhas e dentes para conquistar coisas grandes no campeonato, mas o primeiro objetivo é entrar entre os quatro para entrar direto na Libertadores, que é o maior objetivo para o ano que vem", finalizou.

O Corinthians, em sexto lugar com 33 pontos, voltará a campo neste sábado diante do Red Bull Bragantino, às 19 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 23.ª rodada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;