Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Editorial


Do Diário do Grande ABC

26/09/2021 | 11:00


Os moradores de São Caetano se orgulham de vários serviços que lhes são oferecidos. Saúde e educação são dois dos principais temas que fazem com que eles exaltem ainda mais a cidade onde vivem. Ter hospitais bem equipados e escolas modernas são fatos que destoam da realidade de alguns dos seus vizinhos.

É na junção desses dois setores que aparece o mais novo problema que irá elencar a já extensa lista que este Diário vem mostrando nos últimos dias. Falhas que, não por acaso, ocorrem durante a gestão interina de Tite Campanella, cujo objetivo político nas eleições do ano passado era conquistar uma cadeira na Câmara, mas que acabou indo parar na Prefeitura, ocupando o principal cargo na administração do município.

A nova empreitada do governo interino poderá mexer diretamente com a saúde dos são-caetanenses, pois visa tirar da USCS (Universidade Municipal de São Caetano) a hegemonia de ter seus alunos de medicina atuando nos equipamentos médicos da cidade. A instituição de ensino poderá perder espaço para a Uninove, que é privada, tem sede na Capital e, por coincidência (será?), tem o ex-prefeito José Auricchio Júnior em seu quadro de docentes. Além disso, atua ele como representante da instituição de ensino para a resolução de assuntos institucionais.

Na última semana, o secretário de Saúde, Danilo Sigolo Roberto, formalizou a criação de comissão interna para a “avaliação e controle de estágios da rede de saúde pública”, para a qual escalou gestores do curso de medicina da Uninove que atuam em São Bernardo e Mauá.

Situação estranha, para dizer o mínimo. Normal, neste caso, deveria ser a valorização da universidade que pertence à cidade. Não tomar medidas que venham a enfraquecê-la.

A hipótese de compartilhar o estágio de medicina com outras instituições é tema que jamais havia sido aventado. Surgir agora, quando Tite está no governo e Auricchio na principal beneficiada, certamente é mais uma coincidência. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;