Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Modernização da Ceasa de Santo André vai
gerar 20 mil vagas de empregos

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Nova Ceasa ABC vai oferecer 15 mil empregos indiretos e 5 mil diretos; obras devem ter início em fevereiro


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

24/09/2021 | 12:29


O projeto para ampliação e modernização da Ceasa (Central de Abastecimento) de Santo André, a Nova Ceasa ABC, vai gerar cerca de 20 mil novos empregos formais, sendo 15 mil vagas indiretas e cinco mil diretas. O projeto da Nova Ceasa foi apresentado na manhã desta sexta-feira (24) na Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André). 

A proposta de modernização prevê uma nova central de abastecimento, um mercado municipal e um novo centro de compras, reunindo gastronomia e lazer. Segundo o superintendente da Craisa, Reinaldo Messias, atualmente, a Ceasa conta com 66 boxes de hortifrutigranjeiros que atendem, na maioria dos casos, pequenas vendas, mercados e restaurantes locais. Esse número aumentará para 216 boxes, um crescimento aproximado de 227%. 

"É um momento especial que representa uma virada virtada em nosso comércio atacadista. Por muitos anos, nosso Ceasa ficou paralisado e tivemos um déficit de clientes, que era a falta de setorização, nós não tínhamos. Com a Nova Ceasa, vamos ter todos os boxes setoriados e mix de produtos, isso será o diferencial", detalha Messias. 

Na ocasião, o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB) pontuou que acredita em um aumento de 10% no PIB (Produto Interno Bruno) para Santo André, após o projeto finalizado. "Simbolismo que representa esse início de formação da Ceasa ABC. Agora, vamos começar a ver isso fisicamente, além do conceito", completa Serra. 

As obras devem ter início em fevereiro de 2022 e a previsão de conclusão é de dois anos e meio. 

Mais informações, amanhã no caderno de Economia. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;