Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Governo do Estado homenageia atletas paralímpicos e anuncia centro multiolímpico



21/09/2021 | 18:10


O governador João Doria participou nesta terça de uma homenagem aos atletas paralímpicos do Estado de São Paulo que competiram nos Jogos Paralímpicos 2020, em Tóquio. Esteve presente no evento o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado.

Mariana D'Andrea, medalha de ouro no halterofilismo, foi a primeira a receber a Medalha de Homenagem Esportiva do Estado de São Paulo. Em nome dos colegas, a atleta natural de Itu agradeceu o investimento no esporte, que permitiu os resultados conquistados no Japão. "O apoio do Time São Paulo é muito forte em nossas vidas, eu consigo me dedicar, treinar, e eu queria falar dessa importância." Ao todo, 130 integrantes da delegação brasileira foram homenageados, entre atletas e comissão técnica.

Na sequência, Conrado agradeceu aos atletas pelo esforço em meio à pandemia e citou o investimento do comitê no esporte paralímpico, que espera atender milhares de crianças por meio de projetos sociais. Uma das metas da organização é atendê-las em 31 centros de referência espalhados pelo Brasil, incluindo o Estado de Roraima, que receberá seu primeiro projeto paralímpico.

Doria ainda anunciou durante o evento que o Complexo Esportivo Baby Barioni, em reformas desde 2014, será reinaugurado em breve e passará a ser um centro multiolímpico. "Ele será um exemplo de utilização de um espaço de esportes totalmente reformado para atender os esportistas olímpicos e paralímpícos", disse. Além da instalação localizada no bairro da Água Branca, na cidade de São Paulo, os atletas têm acesso ao Centro Paralímpico, espaço perto da rodovia dos Imigrantes.

Na Paralímpiada, o Time São Paulo garantiu 48 medalhas, o equivalente a 42% das conquistas brasileiras. O presidente do CPB, no entanto, não quer saber mais do passado e já olha para frente. "Já estamos pensando em Paris, Los Angeles, na Austrália", disse Conrado. Dos 259 atletas que fizeram parte da delegação em Tóquio, 136 são nascidos ou vivem no Estado de São Paulo.

O governador também lançou o programa "Cidade Acessível" na data do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Diante do fato que mais de 7% da população do Estado de São Paulo é deficiente, o governo decidiu investir R$110 milhões para que os municípios possam se tornar mais acessíveis para PcDs.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;