Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Muito além do entretenimento

André Henriques/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Surgido na Grécia, no século 6 antes de Cristo, teatro é ensinado em escolas da região e ajuda no desenvolvimento


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

19/09/2021 | 00:01


O teatro é uma das mais antigas formas de manifestação da arte. Surgiu no século 6 antes de Cristo, na Grécia. Se espalhou pelo mundo, se popularizou, ganhou diferentes formatos, criou ídolos e até hoje segue como uma das mais importantes maneiras de se fazer arte. Mas subir no palco não é privilégio apenas de atores e atrizes consagradas. Algumas escolas adotam como disciplina, proporcionando aos alunos benefícios que vão além da diversão.

As aulas de teatro geram interação entre os alunos e professores, e ainda ajudam na resolução de problemas cotidianos. Educadores apontam como principais vantagens o desenvolvimento da concentração, do improviso, a melhora do raciocínio e a diminuição da vergonha de falar em público.

E, como bônus, ainda podem contribuir para o surgimento de um grande ator ou atriz na sala de aula. Não é exagero: muitos dos ídolos que brilham nos palcos começaram dessa forma.

Em Mauá, na Escola Estadual João Paulo II, no bairro Jardim Campo Verde, os estudantes podem participar das aulas que são ministradas pelo professor José Roberto Galindo, 38 anos. 

Ensaios e encenações são realizadas nas salas de aula ou no pátio do colégio. Ali os estudantes se aprimoram. elaboram falas, jeitos e comportamentos de seus personagens. Independentemente de interpretarem os progatonistas, que são os vivem os papéis principais, ou coadjuvantes – sem tanto destaque na peça –, todos são importantes. “Nas aulas trabalhamos em equipe e desenvolvemos a interação dos alunos. É nítido o quanto eles evoluem”, afirma o professor. 

Anna Júlia Bagatini, 12 anos, é uma das alunas. Ela conta que ficou surpresa com tantas coisas que as aulas proporcionam. “Treinamos a concentração e a imaginação em atividades como fazer uma história improvisada”, destaca. A garota procura aproveitar as lições passadas pelo professor. Curte tanto que não descarta, no futuro, transformar a arte em profissão. “Eu gosto muito de teatro e vou continuar aprendendo cada vez mais.”

Ator mirim de Santo André se organiza para crescer no palco

Kaue Kalynytschenko Gonçalves, guarde bem este nome! O garoto tem 11 anos, participações em algumas peças e sonha em brilhar nos palcos. E com a determinação que demonstra, não dá para duvidar.

Natural de Santo André, ele estuda teatro há pelo menos cinco anos. Inicialmente por influência da irmã, Yasmin, de 14, mas seguiu por vontade própria. “Além disso, eu sempre gostei muito de séries e filmes e eu achava legal esse mundo da arte”, conta. 

Kaue já participou de peças como Grease – Nos Tempos da Brilhantina e também, O Mágico de Oz. Além disso, no ano passado, ele foi chamado para apresentar um programa de TV em São Paulo. “Por conta das aulas eu senti que evolui bastante nessa questão de falar em público e por isso, me chamaram”, comenta Kaue.

A pandemia de Covid-19 mudou o formato das aulas, que passaram a ser on-line. Durante esse tempo em casa, Kaue improvisava para poder ensaiar algumas cenas de espetáculos, além de repassar os textos e ainda fazer os exercícios de relaxamento. 

Todas essas mudanças fizeram ele desanimar um pouco. Mesmo assim, ainda leva o teatro como uma das cinco profissões que quer investir futuramente. No momento, entretanto, pretende se divertir a cada trabalho que participar. 

Para a mãe, Karina Kalynytschenko, 44. as aulas de teatro têm ajudado Kaue também com a questão da responsabilidade e compromisso, já que precisa se organizar para aulas na escola e encontros do teatro.

Dia Nacional do Teatro é celebrado em 19 de setembro e homenageia manifestações artísticas brasileiras

O teatro como manifestação artística surgiu na Grécia. Antes, no Oriente, as encenações tinham de cunho religioso



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;