Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sonho da Seleção embala Sto.André

Divulgação/ Thais Magalhães/ CBF Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente e técnico creem ser questão de tempo para jogador do time ser convocado


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

16/09/2021 | 00:01


A Seleção Brasileira de futsal realiza hoje, na Lituânia, seu segundo jogo pela Copa do Mundo. Em busca do hexacampeonato, enfrentará a República Tcheca, a partir das 14h, em duelo que pode garantir a classificação verde e amarela para a próxima fase. Na estreia, a equipe nacional goleou o Vietnã, por 9 a 1, dando mostras de seu potencial, mesmo sem contar com o craque Falcão, já aposentado. 

E o fato de a Seleção contar com grupo dividido igualmente entre jogadores que atuam no Brasil e na Europa (oito em cada, dos 16 convocados) enche de esperanças o Santo André Futsal que, apesar de ser um projeto recente, já fez boas campanhas em competições estaduais e vem se destacando em sua primeira participação na Liga Nacional. Assim, tanto o presidente Rodolfo Guedes quanto o técnico Cidão acreditam que em breve a equipe possa ter algum nome represetando o País.

“Vejo isso num futuro muito próximo. Temos atletas de peso no elenco atual. O Caio (goleiro) passou pela base da Seleção, teve inúmeras conquistas, tem personalidade imensa, potencial que vem demonstrando na Liga o coloca como sucessor de Guitta e Djony, que devem disputar agora a última Copa. E com o trabalho desenvolvido na base, com perspectiva para o futuro, vejo isso (convocação) acontecendo logo e será realização de mais um sonho para todos nós”, projetou o mandatário.

Na visão do treinador, ter atleta chamado à Seleção está além da habilidade do próprio atleta. “Vai muito do investimento. Dificilmente vai pegar menino como o Ton (ala de Santo André), por exemplo, e convocar para a Seleção. Requer muito tempo de trabalho e retorno para o clube para começar a aparecer na Seleção”, frisou Cidão, bicampeão da Liga Nacional.

O treinador, no entanto, fez uma revelação: a equipe esteve perto de ter uma peça convocada para o Mundial. “Tínhamos o Serginho Paulista (que acabou dispensado antes mesmo de começar a Liga por questões extraquadra). Quando ele veio, no início do ano, o treinador e o supervisor da Seleção tinham me contado que, se tivesse produção efetiva, seria um dos convocados. Então basta investir e caso se sobressaiam, como Ton e Caio (que integraram a seleção do mês de agosto da Liga Nacional), e batalharem por seu espaço, mantiverem regularidade, em pouco tempo teremos alguém de Santo André na Seleção”, finalizou Cidão.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;