Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Golpe do delivery: proteja a si mesmo, porque o aplicativo não se importa

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

15/09/2021 | 15:18


A Fernanda Figueiredo fez um post desabafo em seu Medium (muito bem escrito, por sinal) relatando como caiu no golpe do delivery. Mas, pior do que isso, foi a via crucis para resolver a situação – principalmente em relação ao iFood, que não liga para a gente.

O relato é bastante detalhado e vale, muito, a leitura completa. Mesmo porque a Fernanda tá na internet desde quando isso aqui era mato (e até mesmo em tempos pré-Fulano) e está acostumada com golpes desde o hoax dos gatinhos bonsai.

No Medium dela, há imagens que mostram a situação, informações relevantes e diversos links para se informar melhor sobre o golpe do delivery. Abaixo, o 33Giga reproduz o abre. Para saber mais, só clicar no link que vem em seguida.

Leia mais:
Golpe do motoboy: bancos podem ser responsabilizados
Vacinação, pandemia e golpes online: uma história que não acaba tão cedo

Golpe do delivery: proteja a si mesmo, porque o aplicativo não se importa

Na hora do “vamo vê”, a empresa colorida não é tão legal quanto vende seu marketing (não que eu acreditasse nisso)

“Este texto era para ser um post no LinkedIn e acabou virando um artigo porque não tem jeito rápido de contar esse tipo de coisa. Basicamente, é um alerta para um tipo de golpe que está correndo solto em 2021 (origens em 2019, pela minha pesquisa, a coisa foi escalando), e do qual eu fui vítima no mês passado: o golpe do delivery.

Também conhecido como golpe do entregador, do falso motoboy ou do iFood, no meu caso — há também relatos de golpes no Uber Eats e Rappi. Está tão em alta que ontem teve reportagem no Fantástico e me disseram que apareceu também no BDSP. Aparentemente é o ápice desse golpe.

Eu, que sou extremamente paranoica e desconfiada com essas coisas, e que sempre deixo tudo pago no aplicativo, caí, portanto decidi compartilhar o perigo e fazer uma reflexão ao ver o descaso do maior culpado por esta treta, no caso, o iFood.

Os envolvidos secundários: Itaú e PagSeguro. Já dou o spoiler de que deu tudo certo no final e eu fui ressarcida pelo Itaú Unibanco, que constatou o golpe no mesmo minuto — o que não era garantia de que me estornariam o valor, conforme apurei em meu CSI.”

Para ler o resto de Golpe do delivery: proteja a si mesmo, porque o aplicativo não se importa, clique em https://is.gd/eynHPx.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;