Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região tem semana menos letal desde o início da pandemia

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sete municípios computam 28 mortes em razão da Covid-19 nos últimos sete dias, número equivalente ao registrado em abril de 2020


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

11/09/2021 | 20:01


A semana epidemiológica que terminou ontem foi a menos letal desde o período entre 5 a 11 de abril de 2020. Nos últimos sete dias foram registradas mortes em razão da Covid-19, contra 17 da quarta semana da crise sanitária, ou seja, os indicadores atuais são similares aos registrados no início da pandemia.

Essa é a terceira semana consecutiva com quedas significativas no número de falecimentos. Entre 15 e 21 de agosto as sete cidades registraram 100 mortes, número que caiu para 83 entre 22 e 28 de agosto. Na sequência, o indicador despencou para 57, entre 29 de agosto e 4 de setembro. Por fim, chegou aos 28 dos últimos sete dias. Na comparação das duas últimas semanas o recuo registrado foi de 50,8%. 

A situação atual é bem diferente da vivenciada pelas cidades do Grande ABC há dois meses. Na semana entre os dias 18 a 24 de julho foram computadas 204 mortes, ou seja, um único dia deste período equivale ao número de óbitos da última semana inteira. O pico da pandemia foi registrado entre 21 e 27 de março deste ano, quando 292 perderam a vida, 42 a cada 24 horas.

Santo André foi a cidade com a queda mais acentuada no indicador. Nos últimos sete dias, a cidade registrou apenas um falecimento em decorrência da Covid, contra nove dos sete dias imediatamente anteriores, recuo de 88,8%. Em Ribeirão Pires, nos últimos 14 dias foram registradas três mortes, sendo uma nesta semana e duas entre os dias 29 de agosto e 4 de setembro.

A queda nas mortes é acompanhada na evolução dos novos diagnósticos positivos do novo coronavírus. Nesta semana foram registrados casos, contra 2.403 computados nos sete dias imediatamente anteriores, ou seja, redução de28,3%. Olhando a pandemia como um todo, porém, o número de novos doentes é o menor desde a semana entre 1º e 7 de novembro, quando foram registrados 1.572 pessoas infectadas. O pico foi no período entre 26 de junho e 3 de julho de 2021, quando foram 7.741 novos doentes, média de 1.106 por dia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;