Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Apesar de exterior fraco e temor local, Ibovespa tenta defender alta

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


09/09/2021 | 11:34


O Ibovespa tenta recuperar parte da queda de quase 4% da véspera com a leve alta das bolsas americanas, enquanto o dólar também se ajusta ao movimento de ontem - hoje cai a R$ 5,27. O índice brasileiro de ações chegou a tocar a mínima aos 113.263,81 pontos e tenta retomar os 114 mil pontos (máxima intradia 114.188,65 pontos), apesar das preocupações no mercado em relação à crise político-institucional. Já os juros futuros se mantêm em alta firme e expressiva, com investidores desconfortáveis com a inflação elevada e preocupação em relação aos desdobramentos dessa turbulência em Brasília. Além disso, está no radar os bloqueios em algumas estradas federais por caminhoneiros.

Apesar da alta, o Ibovespa desacelerou a velocidade há pouco, de olho nas questões locais, que continuam como preponderantes fatores que impedem o índice de subir com firmeza, mas ao mesmo tempo, servem de chamariz para a compra. "Toda essa turbulência política acabou justificando esse comportamento de alta. As ações parecem bem descontas", avalia Rodrigo Santin, CIO da Legend, acrescentando que, a apesar da inflação alta medida pelo IPCA e que pressiona os juros, a Bolsa hoje não cai como em outros momentos, com investidores tentando aproveitar algumas oportunidades.

No exterior, investidores avaliam a decisão do Banco Central Europeu (BCE) de manter a política monetária e o programa de estímulos. Além disso, consideram a queda além do esperado nos pedidos por auxílio-desemprego nos Estados Unidos na semana passada, a 310 mil.

Apesar disso, o mercado teme que haja retirada de medidas de impulso econômico, apesar de algum esfriamento da expansão global, em meio ao espalhamento de cepas da covid-19.

O economista-chefe do BV, Roberto Padovani, alerta que esses sinais de acomodação do crescimento mundial, com indicadores na Europa, Ásia e nos EUA nesta direção, geram preocupação.

Já no Brasil, a pressão inflacionária continua persistente, com o dado em 12 meses mirando os 10%. Em agosto, o IPCA ficou em 0,87%, ante 0,96% em julho, dado que ficou acima do teto do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que previam uma alta entre 0,62% e 0,85%, com mediana positiva de 0,70%. Em 12 meses, a taxa foi a 9,68%. "É o que temos dito, que a inflação não tem caráter temporário. É um movimento difícil de acontecer. Empresários e prestadores de serviços relatam a dificuldade em repassar custos. Quando tiverem uma oportunidade, o farão", avalia Eduardo Cubas, sócio e responsável pela área de alocação da Manchester Investimentos.

Os bloqueios dos caminhoneiros desde ontem à tarde em estradas do Brasil tende a colocar ainda mais pressão nos preços e em papéis atrelados ao consumo na Bolsa brasileira, principalmente. As interrupções prosseguem, mas há indícios de que algumas rodovias já foram liberadas. Ontem, o presidente Jair Bolsonaro enviou um áudio a grupos de caminhoneiros pedindo que liberem as rodovias do País. Na mensagem, Bolsonaro apela para que os manifestantes desobstruam as vias porque "atrapalha nossa economia. Hoje, afirmou que conversará com a categoria.

"Não estava no radar de ninguém ter problemas com essa paralisação dos caminhoneiros, mas parece que foi crescendo. Então, foi importante ver o governo tentando intervir para não piorar a situação", avaliam os analistas da Ouro Preto Investimentos.

Apesar do recuo no preço do minério de ferro, de 1,46%, em Qingdao, na China, as ações da Vale e de outras mineradoras e de siderúrgicas sobem, em dia de recuperação.

Ontem, o índice brasileiro amargou perdas de 3,78%, fechando aos 113.412,84 pontos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;