Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Passageiros esquecem até barraca em ônibus

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Terminal Ferrazópolis abriga maior setor de achados e perdidos da região, com itens inusitados


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

05/09/2021 | 00:01


É no setor de achados e perdidos do terminal rodoviário do Ferrazópolis, em São Bernardo, em que ficam reunidos todos os itens que são perdidos ou esquecidos nos transportes que pertencem à Metra e à EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e que circulam pelo Grande ABC e em parte da Capital. Desde carteiras, óculos, chaves e documentos, até uma barraca de acampamento e um capacete encontrados nos veículos, foram levados recentemente ao local, que mantém o maior setor do tipo em transportes públicos na região.

Por mês, aproximadamente 700 itens são encontrados nos ônibus e trólebus e todos eles são encaminhados para o setor. No local, eles são recebidos, catalogados e depositados em caixas e gavetas organizadas pelo tipo de item. Já os documentos são catalogados por ordem alfabética.

Segundo a auxiliar de escritório, responsável pelo setor de achados e perdidos do local, Valdirene Xavier dos Santos Vieira, 45 anos, e que trabalha na organização dos itens há dez, o setor tem sua importância, já que muitos dos itens perdidos nos transportes públicos são valiosos.

“Muita gente me liga para saber se encontramos exames, dinheiro que pagariam alguma conta. Eu tento ajudar da melhor forma possível. Aqui, deixo tudo bem guardado e sempre torço para que consigam encontrar o que perderam”, declarou Valdirene.

Apesar da torcida, fato é que dos quase 700 itens perdidos por mês nos ônibus, apenas 30 pessoas aparecem para resgatar aquilo que esqueceram entre as viagens pelas linhas da Metra. O número equivale a 4,2% apenas.

A empresa explicou que o usuário que perder algum item em seus transportes tem 90 dias para comparecer ao setor de achados e perdidos no Ferrazópolis para reivindicar sua posse. Caso passe do tempo, os objetos são levados para a EMTU, que determina a destinação final do item. Alguns dos materiais achados são doados; já documentos são encaminhados à entidades públicas.

Os proprietários dos objetos esquecidos devem se dirigir pessoalmente ao local, no Terminal Ferrazópolis (Avenida Carlos Niely, altura do nº 179, Bairro Ferrazópolis, São Bernardo), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e comprovar a propriedade do objeto ou titularidade do documento.

OS INUSITADOS
Além de carteiras, celulares, documentos e óculos, o setor do achados e perdidos reúne, de vez em quando, itens que fogem da lógica. Durante a visita do Diário ao setor, alguns objetos chamaram a atenção. Entre a enorme quantidade de bolsas havia uma barraca de acampamento, por exemplo. Um capacete também está no setor aguardando ser reencontrado pelo seu dono. Mas Valdirene, nestes dez anos de atuação no achados e perdidos, já teve que catalogar pertences ainda mais bizarros. “Uma vez apareceu aqui uma boneca inflável. Quem é que esquece uma boneca inflável no ônibus?”, questionou a funcionária. O dono nunca apareceu para reclamar o item.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;