Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em recado ao STF, Bolsonaro fala em 'enquadrar' quem não respeita a Constituição

Rovena Rosa/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


04/09/2021 | 14:53


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a criticar o Supremo Tribunal Federal (STF). Após "motociata" que saiu de Santa Cruz do Capibaribe (PE), ele discursou no estacionamento do Polo Caruaru, em um carro de som, e convocou apoiadores para manifestações "pacíficas e ordeiras" no próximo dia 7 de setembro. Bolsonaro disse que cada um dos três Poderes precisa "enquadrar" aqueles que não respeitarem a Constituição, "sob risco de ruptura".

"Se no STF alguém ousa continuar agindo fora das quatro linhas da Constituição, aquele Poder tem que chamá-lo e enquadrá-lo, lembrando que ele fez um juramento. Se assim não ocorrer em qualquer um dos três Poderes, a tendência é ocorrer uma ruptura, ruptura essa que eu não quero e nem desejo, tenho certeza que nem o povo brasileiro assim o quer", disse Bolsonaro.

E continuou: "Mas a responsabilidade cabe a cada Poder, apelo a esse outro Poder, a ação dessa pessoa está prejudicando o destino do Brasil."

Ele defendeu a liberdade de expressão e o povo como poder moderador. "Não se pode admitir que uma pessoa usando do seu cargo, não interessa em que Poder esteja, tire da população esse direito de liberdade de expressão. No dia 7, estaremos lá para mostrar a todos que não admitiremos mais que ninguém, quem quer que seja, ignore a nossa Constituição. Nossos movimentos sempre foram pacíficos e ordeiros, nunca houve atos de vandalismo."

Bolsonaro observou ainda que as manifestações do próximo dia 7 de setembro servirão para mostrar que aqueles que "ousam não mais" se submeter à Constituição "serão colocados no devido lugar".

Ele completou que a população não será refém de "uma ou duas pessoas".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;