Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Donetti é sondado a assumir Secretaria de Segurança Pública

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Caso convite seja efetivado, Sardano retornaria para a Câmara e Fabio Lopes herdaria cadeira


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

03/09/2021 | 00:01


Interlocutores do governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), sondaram o vereador Rodolfo Donetti (Cidadania) sobre possível proposta para assumir a Secretaria de Segurança Pública da cidade, em eventual substituição ao parlamentar licenciado Edson Sardano (PSD).

O convite não foi oficializado ao vereador, mas conversas nos bastidores por pessoas próximas ao prefeito sinalizam alternativa arquitetada pela administração. Caso a manobra seja concretizada, Sardano retornaria à Câmara e o ex-parlamentar Fabio Lopes (Cidadania, líder do governo no primeiro mandato do tucano), primeiro suplente do partido, ocuparia a cadeira de Donetti.

No rol de fiéis aliados de Paulo Serra, Donetti era apontado até então entre os principais cotados a exercer o posto de líder de governo na casa, situação aberta diante da saída de Professor Jobert Minhoca (PSDB) da função. Assim como Sardano, o vereador do Cidadania é ligado à PM (Polícia Militar) e chegou a ser cogitado para a chefia da Segurança no começo deste segundo mandato do tucano. A mudança pode ocorrer sob argumento de mexer com a área, delicada e alvo de críticas no âmbito estadual, e ainda dar robustez à base governista. Essa troca se daria mediante compromisso de apoio a Sardano presidir a Câmara no próximo biênio, na sucessão de Pedrinho Botaro (PSDB).

Comitiva do Paço, responsável pela articulação governista, compareceu ontem à sessão do Legislativo. Donetti evitou falar sobre o diálogo nos corredores, só que não negou a iniciativa. “Não tive nenhum convite formal do prefeito. Se ele vier (a se efetivar), como bom soldado, como fui em 20 anos na Polícia Militar, estou pronto e preparado para a guerra. Caso haja uma necessidade que eu enfrente esse novo desafio, reforço que estarei pronto. Mas, reitero, não tive convite pelo chefe do Executivo.”

Donetti ponderou que possui experiência de trabalho de patrulhamento de rua, no combate ao crime organizado. “A segurança, não só em Santo André, é tema delicado. Quando se fala em segurança, o cobertor é sempre curto. Puxa de um lado, sai o pé, puxa do outro lado, sai a mão, braço. Só que tem que entrar a tecnologia. Estou preparado para novos desafios. Não é fácil. Estando tudo ajustado, nos devidos lugares, dá para fazer bom trabalho e ajudar o prefeito.”

O parlamentar do Cidadania apresentou na plenária de ontem projeto de lei chamado Guardiã Maria da Penha, voltado a diretrizes de acolhimento e ronda da GCM (Guarda Civil Municipal) direcionado às mulheres. Donetti propôs, recentemente, proposta polêmica que autoriza uso de taser (arma de choque) e spray de pimenta por funcionários de escolas situadas na cidade. No caso, professores ou outros profissionais do centro educacional passariam por capacitação. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;