Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marina Helou visita local do porto seco em Paranapiacaba

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deputada organiza agenda na vila turística da região e também vai para Rio Grande e Mauá


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

28/08/2021 | 00:24


A deputada estadual Marina Helou (Rede) esteve ontem no Grande ABC para cumprir agenda em Santo André, em Mauá e em Rio Grande da Serra. A parlamentar visitou a Vila de Paranapiacaba para vistoriar as possíveis instalações do porto seco no local e também acompanhou o desmatamento de vegetação nativa em solo rio-grandense.

Marina esteve ao lado de integrantes da Rede Sustentabilidade no Grande ABC, como o advogado Virgílio Alcides de Farias (Diadema), Raquel Varela (Santo André) e Vlademir Pereira Silva (Mauá).

O Centro Logístico Campo Grande tem previsão de ser instalado em área de 4,7 milhões de metros quadrados, dos quais 20%, o que equivale a 90 campos de futebol, seriam desmatados. O investimento total estimado é de R$ 780 milhões. O assunto gerou repercussão diante da supressão de vegetação e pelas batalhas judiciais.

Em fevereiro, o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) autorizou a construção do empreendimento. No início do debate sobre a instalação do projeto, Marina convocou audiência pública com integrantes do governo do Estado para debater os impactos ambientais, que, para a parlamentar, serão de grandes proporções.

Em Mauá, a deputada foi visitar o trabalho da ONG Mulheres em Ação, que luta contra a violência doméstica. “Encontro com muitos ensinamentos, encaminhamentos e ideias”, discorreu. “Trabalhar em prol do fortalecimento de políticas públicas para as mulheres é uma das prioridades do meu mandato. Seguirei apoiando essa pauta aqui na região”, afirmou a deputada, que também é integrante da comissão do direito e defesa das mulheres e coautora do projeto de lei que institui políticas públicas para menstruação sem tabu no Estado de São Paulo.

Depois, foi para a Apae da cidade, entidade que Marina enviou R$ 100 mil em emenda parlamentar. O recurso será destinado à compra de equipamentos para a sala de fisioterapia da Apae de Mauá, que atualmente atende mais de 280 crianças a partir dos 7 anos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;