Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em Tóquio, Silvânia é bicampeã paralímpica no salto em distância

Divulgação/ Comitê Paralímpico Brasileiro Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


26/08/2021 | 23:55


A brasileira Silvânia Costa de Oliveira tornou-se na noite desta quinta-feira bicampeã paralímpica no salto em distância na classe T11 (cegos). Ela conquistou a primeira colocação nos Jogos de Tóquio no penúltimo salto ao atingir a marca de 5 metros, um pouco abaixo do recorde mundial que pertence a ela com a marca de 5,46.

A medalha de prata ficou com a uzbeque Asila Mirzayorova (4,91m) e o bronze foi para a ucraniana Yuliia Pavlenko (4,86m). A outra brasileira na disputa, Lorena Spoladore, terminou em quarto lugar (4,77m).

"Não foi fácil. No final precisou de garra e determinaçao. Antes de finalizar, já comecei a comemorar. Foram cinco meses muito dolorido, de suspensão. Essa medalha representa essa superação. O bicampeonato significa a volta por cima. Tive duas pausas no ciclo: o nascimento do meu filho e a suspensão. Nos últimos passos, ele contava ''sete, oito e nove'' para dar o salto. A voz do meu treinador transmitiu uma confiança e consegui graças também a essa força dele."

Silvânia nasceu com a Doença de Stargardt, que tem como consequência a perda da visão gradual. Ela descobriu o esporte paralímpico quando tinha 18 anos, como meio de inserção social. Desde então, conquistou ouro no salto em distância no Rio-2016, além do ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto-2015 e no Mundial de Doha-2015.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;