Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

CBF anuncia o técnico nesta quinta


Angelo Verotti
Com Agências

19/10/2000 | 01:16


Depois de muitas especulaçoes e recusas por parte de alguns treinadores, a CBF (Confederaçao Brasileira de Futebol) deve anunciar nesta quinta o nome do novo técnico da Seleçao Brasileira de Futebol, em substituiçao ao demitido Wanderley Luxemburgo. O presidente Ricardo Teixeira e o coordenador técnico Antônio Lopes marcaram uma entrevista coletiva às 13h30, na sede da entidade. O técnico do Sao Paulo, Levir Culpi, é o mais cotado para o cargo, embora outros nomes tenham adquirido força nos últimos dias, como Carlos Alberto Silva, do Guarani, e Emerson Leao, atualmente desempregado.

Valdir Espinosa, do Fluminense, foi descartado por Antônio Lopes. "É um grande profissional, mas nao será o treinador da Seleçao", disse o coordenador. O técnico do Vasco, Oswaldo de Oliveira, que era um dos mais cotados para assumir a vaga de Luxemburgo, descartou ontem qualquer possibilidade de dirigir o selecionado nacional. "Acredito que esse nao é o meu momento na Seleçao", afirmou, em Sao Januário.

O motivo para a recusa do ex-treinador do Corinthians seria a pouca experiência como técnico, já que está na profissao há pouco mais de um ano e meio. Oliveira admitiu, no entanto, que tem conversado sobre a Seleçao com o coordenador técnico Antônio Lopes. "Sempre falei com o Lopes por telefone", informou.

Outro técnico que contava com a preferência de Antônio Lopes é Carlos Alberto Parreira, do Atlético-MG, que também nao demonstrou interesse em voltar a comandar a Seleçao. "Ser técnico da Seleçao Brasileira nao faz parte dos meus planos no momento", disse. Com isso, o coordenador passou a contar com menos opçoes para escolher o treinador.

O novo técnico brasileiro fará a convocaçao dos "estrangeiros" para a partida contra a Colômbia no dia 1º de novembro. A estréia do escolhido será no dia 15 de novembro, contra os colombianos, no Morumbi, pela rodada de abertura das eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2002.

Segundo Antônio Lopes, a nova dupla no comando do Brasil funcionará como Parreira e Zagallo na Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, trabalhando em conjunto e sem uma hierarquia clara. Isso nao inclui o diretor de seleçoes, que estaria abaixo apenas do presidente e do coordenador geral da CBF.

O ex-jogador e agora comentarista Falcao é um dos mais cotados para o cargo, mas Lopes garante que ainda nao há nada certo. "Nao existe nada definido com o Falcao e, além do mais, esse assunto compete totalmente a Ricardo Teixeira. Eu fico apenas com a escolha do treinador e de seus auxiliares", afirmou o coordenador técnico.

Mas a CBF pode perder as esperanças de contar com Falcao na seleçao. Nestq quarta, o Rei de Roma, como era conhecido quando defendeu a equipe italiana, afirmou que nao vai aceitar o convite da entidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CBF anuncia o técnico nesta quinta

Angelo Verotti
Com Agências

19/10/2000 | 01:16


Depois de muitas especulaçoes e recusas por parte de alguns treinadores, a CBF (Confederaçao Brasileira de Futebol) deve anunciar nesta quinta o nome do novo técnico da Seleçao Brasileira de Futebol, em substituiçao ao demitido Wanderley Luxemburgo. O presidente Ricardo Teixeira e o coordenador técnico Antônio Lopes marcaram uma entrevista coletiva às 13h30, na sede da entidade. O técnico do Sao Paulo, Levir Culpi, é o mais cotado para o cargo, embora outros nomes tenham adquirido força nos últimos dias, como Carlos Alberto Silva, do Guarani, e Emerson Leao, atualmente desempregado.

Valdir Espinosa, do Fluminense, foi descartado por Antônio Lopes. "É um grande profissional, mas nao será o treinador da Seleçao", disse o coordenador. O técnico do Vasco, Oswaldo de Oliveira, que era um dos mais cotados para assumir a vaga de Luxemburgo, descartou ontem qualquer possibilidade de dirigir o selecionado nacional. "Acredito que esse nao é o meu momento na Seleçao", afirmou, em Sao Januário.

O motivo para a recusa do ex-treinador do Corinthians seria a pouca experiência como técnico, já que está na profissao há pouco mais de um ano e meio. Oliveira admitiu, no entanto, que tem conversado sobre a Seleçao com o coordenador técnico Antônio Lopes. "Sempre falei com o Lopes por telefone", informou.

Outro técnico que contava com a preferência de Antônio Lopes é Carlos Alberto Parreira, do Atlético-MG, que também nao demonstrou interesse em voltar a comandar a Seleçao. "Ser técnico da Seleçao Brasileira nao faz parte dos meus planos no momento", disse. Com isso, o coordenador passou a contar com menos opçoes para escolher o treinador.

O novo técnico brasileiro fará a convocaçao dos "estrangeiros" para a partida contra a Colômbia no dia 1º de novembro. A estréia do escolhido será no dia 15 de novembro, contra os colombianos, no Morumbi, pela rodada de abertura das eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2002.

Segundo Antônio Lopes, a nova dupla no comando do Brasil funcionará como Parreira e Zagallo na Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, trabalhando em conjunto e sem uma hierarquia clara. Isso nao inclui o diretor de seleçoes, que estaria abaixo apenas do presidente e do coordenador geral da CBF.

O ex-jogador e agora comentarista Falcao é um dos mais cotados para o cargo, mas Lopes garante que ainda nao há nada certo. "Nao existe nada definido com o Falcao e, além do mais, esse assunto compete totalmente a Ricardo Teixeira. Eu fico apenas com a escolha do treinador e de seus auxiliares", afirmou o coordenador técnico.

Mas a CBF pode perder as esperanças de contar com Falcao na seleçao. Nestq quarta, o Rei de Roma, como era conhecido quando defendeu a equipe italiana, afirmou que nao vai aceitar o convite da entidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;