Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Às vésperas da Paralimpíada, Japão anuncia a ampliação do estado de emergência

Divulgação/ Comitê Organizador da Tóquio 2020 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


17/08/2021 | 08:23


O governo do Japão anunciou nesta terça-feira que ampliará o estado de emergência sanitária devido à pandemia do novo coronavírus para mais sete regiões, com o objetivo de combater o aumento dos contágios, a uma semana do início dos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020. A medida de emergência, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes e determina o fechamento dos estabelecimentos às 20 horas, já está em vigor em Tóquio e outras cinco regiões.

A previsão inicial era encerrar o estado de emergência no próximo dia 31, mas o governo decidiu estender as medidas para outras regiões e prosseguir com o controle até 12 de setembro.

"Os contágios se propagam pelo Japão em uma escala que não havíamos observado antes", declarou Yasutoshi Nishimura, ministro responsável pela resposta ao novo coronavírus. "O número de pacientes em estado grave aumenta a cada dia", acrescentou durante uma reunião com especialistas. O governo japonês também pedirá a grandes centros comerciais e lojas de departamento que limitem o número de clientes dentro dos estabelecimentos.

O Japão tem um número consideravelmente menor de casos de covid-19 na comparação com outros países, apesar de não ter determinado confinamentos. O programa de vacinação do país, no entanto, começou mais tarde e avança de maneira mais lenta que outros países desenvolvidos: apenas 37% da população está imunizada. Nos últimos dias, o Japão registrou mais de 20 mil casos de covid-19 a cada 24 horas, um recorde para o país.

A alta de casos teve início antes dos Jogos Olímpicos em julho e prosseguiu durante o evento, que aconteceu em sua maioria sem público. O Comitê Organizador de Tóquio-2020 anunciou na última segunda-feira que a Paralimpíada também acontecerá sem torcedores nos locais de competição.

O governo japonês afirma que não há evidência de que os Jogos Olímpicos tenham provocado o aumento de contágios no país. Pesquisas recentes apontam que a maioria dos japoneses considera que foi uma boa ideia celebrar a Olimpíada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;