Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fris-Moldu-Car é obrigada a priorizar salário atrasado


Marcelo de Paula
Do Diário do Grande ABC

24/11/2007 | 07:02


Diante do fim da greve que durou nove meses, a diretoria da Fris-Moldu-Car terá agora de apresentar um plano de recuperação nos próximos 60 dias dando prioridade ao pagamento de R$ 4 milhões devidos aos empregados.

Segundo o advogado Roberto Leonessa, a primeira iniciativa é tentar recuperar as atividades, pois só assim será possível iniciar o pagamento do passivo trabalhista.

“Estamos retomando a posse da empresa. Depois teremos de colocar as máquinas em funcionamento, restabelecer contratos e retomar a produção. Só assim poderemos pagar os funcionários”, afirmou.

Já o administrador da empresa, José Roberto Ferreira Riviello, criticou a paralisação. Segundo ele, com o crescimento do mercado, seria possível resolver os problemas se a linha de produção não estivesse parada.

“O mercado cresceu muito nos últimos meses. Se não houvesse a greve teríamos faturado o suficiente para honrar nossos compromissos”, afirmou.

O plano para recuperar a Fris-Moldu-Car só terá validade se tiver a aprovação dos credores e da própria Justiça. Mas a expectativa entre os executivos é positiva, já que algumas montadoras estariam interessadas em fechar negócios.

“A demanda cresceu muito e as montadoras estão em busca de fornecedores. Já recebemos uma sinalização positiva da Volkswagen e da General Motors”, disse Riviello.

Retomada - Sexta-feira, diretores e advogados da empresa entraram nas dependências da Fris acompanhados da oficial de Justiça da 7ª Vara Cível, Vera Lúcia Bachiega.

Junto com trabalhadores participantes da greve, eles fizeram a conferência dos bens da empresa, que estavam sob a responsabilidade de um dos funcionários, para repassar aos proprietários.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;