Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Guedes relaciona alta de preços com auxílio emergencial

Marcelo Camargo/Agência Brasil  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/08/2021 | 09:55


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o aumento persistente da inflação no Brasil está relacionado com a ampliação da renda das famílias beneficiadas pelo auxílio emergencial. Ele argumentou ainda que inflação está subindo no mundo inteiro. Neste contexto, ele defendeu a independência do Banco Central.

"Mas na hora que esse aumento de preços, que deveria ser transitório e setorial, começa a virar um processo generalizado de inflação, você aciona o Banco Central independente e acionamos gatilhos fiscais", afirmou Guedes, em entrevista à Jovem Pan gravada na quinta-feira e veiculada nesta sexta-feira. "Está acontecendo a mesma coisa no mundo inteiro, e aqui sempre foi ambiente mais propício à inflação, mas já estamos (atuando) com a política fiscal e monetária", completou.

O ministro destacou que o governo já começou a baixar tarifas de importação para tentar conter preços no mercado doméstico e repetiu que este é o momento de acelerar abertura e modernização do Mercosul. "Atacamos os problemas na medida em que eles vão surgindo. A crítica era de que a economia estava em depressão, agora é de que está voltando muito rápido. Era de que os juros estavam baixos demais, e agora a reclamação é de que os juros não subiram tanto", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;