Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André se planeja para ser capital do skate

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Centro de alto rendimento da modalidade será construído até 2023 em praça do Valparaíso por cerca de R$ 10 milhões


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

12/08/2021 | 00:01


Santo André pode se transformar muito em breve na capital nacional do skate. Depois de servir como referência no vôlei e no basquete, além da grande representatividade no futebol, a cidade está muito perto de tirar do papel um centro de alto rendimento para a modalidade (inicialmente tratado como centro olímpico de excelência), a ser construído na Praça Sérgio Cyrino (Atlântica), esta que, muito em breve, será transformada em parque. Com o sucesso do esporte na Olimpíada de Tóquio, com direito a três medalhas de prata, e com um representante andreense na equipe que foi ao Japão, caso de Giovanni Vianna, além de toda a tradição que tem, desde Sandro Dias, Karen Jonz e Italo Penarrubia, o município andreense espera ter o local à disposição dos munícipes, atletas e até mesmo da Seleção Brasileira, a partir do primeiro trimestre de 2023.

O projeto – o qual o Diário teve acesso com exclusividade –, tem autoria da Insane Ramps, empresa ligada à California Skateparks (responsável pela estrutura construída e utilizada nos Jogos Olímpicos). Estão previstas as construções de três pistas, sendo um bowl, uma park e uma street (estas duas modalidades olímpicas do skate), arquibancadas, um edifício horizontal com três pavimentos, os quais contarão com vestiário, academia, salas administrativas, de imprensa e de transmissão, enfermaria, estúdio, loja, restaurantes, auditório, solarium e outras estruturas. O investimento, financiado e integralmente custeado pelo município, deverá ser de aproximadamente R$ 10 milhões. 

Posteriormente à obra pronta, o local ainda receberá um aporte do governo federal para, daí sim, ser oficializado como centro de alto rendimento. “A gente conseguiu verba em Brasília e temos garantido que será centro de alto rendimento de skate. Já conversamos com a Confederação (Brasileira de Skate) e com a Federação (Paulista de Skate) para tornar um centro de treinamento da Seleção”, afirmou o secretário de Esporte e Prática Esportiva, Marcelo Chehade. “(Ser capital do skate) Não é meta, mas consequência que deve acontecer com o tempo. Vai ser pista de Santo André e do Brasil, qualquer skatista do País vai querer vir competir. A cidade ficará mundialmente conhecida por ter atletas, por ter a Seleção treinando permanentemente aqui”, emendou.

Santo André teve a primeira pista de skate nos anos 1990, antes da abertura da Avenida José Amazonas, mas foi demolida quando a via foi construída. Depois veio a instalação de estrutura no Parque da Juventude (Ana Brandão) e, mais recentemente, outra no Parque Pignatari. Entretanto, havia carência deixada por aquele equipamento de 30 anos atrás. Assim, decidiu-se pela construção deste centro em local que atendesse o público daquela região. Idealizada em 2017, inicialmente a expectativa era a de que esta estrutura ficasse pronta a tempo da preparação para os Jogos de Tóquio, o que não foi possível por questões financeiras. Agora, porém, a Prefeitura aguarda o desfecho de situação judicial (leia mais ao lado) e a licitação para iniciar as obras.

Ação popular trava início das obras; local vai se tornar parque

As obras para a construção do centro de alto rendimento de skate na Praça Sérgio Cyrino, no Valparaíso, já poderiam ter começado há alguns meses, não fosse um fato que, no passado, já havia impedido a construção de uma pista na cidade: uma ação popular. Em 2007, quando a Prefeitura anunciou que construiria estrutura no Parque Central, surgiu ação civil pública contrária, alegando dano ambiental. Assim sendo, o poder público transferiu a estrutura para o Parque da Juventude (Ana Brandão). Desta vez, situação similar: vizinhos do novo projeto fizeram o mesmo.

“A ação é legítima, população tem direito de se manifestar favorável ou contra, mas nos acusa de falta de divulgação, o que não é verdade, e dano ambiental, que para nós é pano de fundo, porque não traria dano nenhum. Onde vamos edificar existe apenas área que não tem vegetação significativa”, justificou o secretário de Manutenção e Serviços Urbanos, Vitor Mazzeti. “Ação falava em várias coisas: desnecessidade, demolição do parque e superfaturamento. (De trás para frente) Falamos no passado que a estimativa era de R$ 5,5 milhões, mas não estávamos com o estudo pronto. Não haverá demolição nenhuma. E desnecessidade? O skate é o segundo esporte mais praticado no Brasil. Nós temos para o futebol 47 campos distritais na cidade, umas 180 quadras em praças, parques. Temos sete ginásios de esportes. E duas pistas de skate. Então a desnecessidade não existe”, completou.

O espaço está em processo de transformação em parque, com cercamento, portaria e horário de funcionamento.

Estrutura deverá receber escolinha de Sandro Dias

Principal nome do skate andreense, o hexacampeão mundial Sandro Dias, o Mineirinho, deverá montar uma escolinha para ensinar a modalidade e formar novos atletas dentro da nova estrutura, a partir de uma parceria com a Prefeitura, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

“A gente já tem projeto incentivado para essa escolinha que conseguiu pela lei de incentivo, mas com a pandemia não executou ainda. Então já está aprovado, com dinheiro guardado”, explicou o secretário de Esporte e Prática Esportiva Marcelo Chehade. Como o novo centro ainda levará tempo para ficar pronto, é possível que o Parque Pignatari ou o Parque da Juventude receba provisoriamente o projeto. “Começará em outro local inicialmente e depois levamos para lá”, emendou. “O Grande ABC é rico em skatistas e Santo André, que é uma das que mais produzem, terá mais uma possibilidade para lançar atletas”, concluiu o secretário.

Atualmente Sandro Dias conta com uma escolinha de skate em Guarulhos e promove um acampamento em Vargem-SP (próxima a Bragança Paulista) para crianças, adolescentes e adultos poderem ter contato com a modalidade.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;