Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Morre aos 84 anos o ator e diretor Paulo José

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


11/08/2021 | 20:46


O ator e diretor Paulo José morreu aos 84 anos nesta quarta-feira, 11, no Rio de Janeiro, de acordo com comunicado da TV Globo. Ele estava internado havia 20 dias por conta de uma pneumonia e deixa esposa e quatro filhos.

Gaúcho de Lavras do Sul, Paulo José começou sua trajetória no teatro ainda no Rio Grande do Sul. Na década de 1960, iniciou sua carreira no Teatro de Arena, em São Paulo, com a peça Testamento de um Cangaceiro (1961), dirigida por Chico de Assis.

Seu primeiro trabalho na Globo foi na novela Janete Clair, de 1969. Paulo marcou época com uma parceria firmada com o ator Flávio Migliaccio na novela O Primeiro Amor, de 1972. Os personagens foram tão marcantes que deram origem a um seriado, Shazan, Xerife e Cia, escritor, dirigido e estrelado por eles de 1972 a 1974.

Ao longo de mais de seis décadas de carreira, Paulo José esteve presente em mais de 20 novelas e minisséries, além de filmes como Macunaíma, de 1969, e Todas as Mulheres do Mundo, de 1966. Agora É que São Elas, de 2003, de Ricardo Linhares, surgiu a partir de uma ideia do próprio ator.

Paulo José também dirigiu episódios de Casos Especiais, a adaptação do livro Agosto, de Rubem Fonseca, Memorial de Maria Moura, adaptação da obra de Rachel de Queiroz, e Incidente em Antares, inspirado no romance de Érico Veríssimo.

O ator conviveu por 20 anos com o mal de Parkinson e seu último trabalho nas telas foi como Benjamin, personagem da novela Em Família que também sofria da doença.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;