Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Da teoria à prática


Do Diário do Grande ABC

05/08/2021 | 23:59


As vacinas funcionam contra a Covid-19. Os números levantados pela equipe de reportagem deste Diário junto a cinco das sete prefeituras confirmam, na prática, a teoria defendida por médicos e cientistas.


Entre 1º de fevereiro e 4 de agosto, foram internadas 18.669 pessoas para tratar da doença em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Ribeirão Pires. Dentre elas, apenas 788 estavam completamente imunizadas com duas doses da Coronavac e Astrazeneca ou uma da Janssem. Ou seja, um a cada 24 pacientes, o que equivale a 4,2% do total.


Os dados deveriam ser a pá de cal no discurso maldoso dos negacionistas. Pessoas que desprezam o que preconiza a ciência e preferem seguir dizeres de irresponsáveis, que, em meio a notícias falsas, ironias, maledicências e drogas ineficazes, contribuíram para o aumento do número de mortes e de contaminados pelo coronavírus.


Poderiam também servir de incentivo para aqueles indivíduos que, sabe-se lá por qual motivo, deixaram de comparecer aos postos para receber a dose complementar do medicamento. Dessa forma eles ainda permanecem vulneráveis e expostos à doença.


Analisando os resultados, infectologista do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente destaca a eficiência das vacinas, e da significativa queda no número de infecções e de mortes, mesmo com apenas 21% da população brasileira completamente protegida. Principalmente porque os mais idosos (acima de 65 anos), que são os mais vulneráveis, já estão imunizados.


O profissional destaca que a população segue no caminho certo, mas ressalta que as coisas poderiam estar bem melhores se o governo federal tivesse se empenhado mais na obtenção de vacinas.


Se os fármacos chegassem antes, certamente o número de óbitos teria sido menor. O sistema de saúde não teria colapsado e os setores econômicos já poderiam estar bem mais próximos da normalidade.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;