Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Ana Paula Padrão conta história inusitada com um vibrador



04/08/2021 | 12:10


Ana Paula Padrão que aparenta ser uma pessoa super séria durante o MasterChef, acabou participando do Que história é essa Porchat? e revelou uma história totalmente constrangedora que enfrentou por causa de um objeto de uma colega.

- É uma longa história, que se passou durante muito tempo. Uma saga. Quando eu me separei do meu ex-marido, eu precisava rapidamente de um lugar pra morar, pra ir, mobiliado. E uma querida conhecida minha foi muito gentil.

E a jornalista revelou para Fábio Porchat que a colega estava morando no Rio de Janeiro e alugou seu apartamento em São Paulo para Ana e em seguida ela continuou a história.

- Ela disse: tem um probleminha! Eu não tirei algumas coisas minhas que ainda tão lá, eu vou deixar no quarto 2, você ocupa o 1 e tá tudo certo. No que eu peguei [uma sacola de veludo], eu já saquei o que o conteúdo.

Ana Paula Padrão deu a entender com as mãos que o objeto, no caso, era um vibrador.

- Era compridão. Parecia um abajour. Eu não abri para ver porque eu já senti ali pelo tato, espessura, formato... na parte inferior tinha uns lugares que devia ser para a bateria.

Só que a história só melhorava porque a jornalista revelou que teve que deixar o objeto dentro de seu quarto porque a mãe de sua amiga iria buscar as coisas dela em breve, mas ela percebeu que dias depois que a senhora não levou o objeto.

- Pensei: vou largar dentro do armário, uma hora se resolve. Passaram seis meses, oito meses, consegui um apartamento pra mim e avisei que ia sair. Chamei o caminhão de mudança.

Só que Ana Paula resolveu que seria uma boa ideia levar o vibrador em sua bolsa a fim de evitar o constrangimento que seria caso algum dos encarregados da mudança o encontrasse.

- Fui trabalhar, de noite fui para o outro apartamento, larguei lá dentro de uma gaveta, esqueci e passei um ano lá nesse apartamento. Depois mudei. Na hora do caminhão da mudança, pensei: puts, o negócio tá lá. Catei, dentro da bolsa, fui trabalhar, de noite já tava no outro.

E se você acha que essa história teve um fim, você está bem enganado. A apresentadora do MasterChef revelou que então passou novamente por um novo perrengue ao precisar se mudar para morar com o marido e acabou lembrando do objeto da amiga. Foi aí que ela saiu com ele para o trabalho disposta a encontrar uma forma de finalmente jogar fora.

- Botei dentro de uma caixa, uma sacolinha, algo que não chamava atenção. Fui trabalhar, levei pra dentro do camarim. Pendurei num cabidinho. Fui, gravei, fui pra casa, já era noite e tal, no dia seguinte fui trabalhar e lembrei: caramba, larguei o negócio no camarim. Cheguei correndo, procurando, entro no camarim e o negócio não tava mais lá. Tinha sumido! Falei: caramba e agora? Alguém pegou isso daqui de dentro. Passei o dia gravando, tensa. Cheguei em casa de noite, tensa, contei pro meu marido, ele teve um super ataque de riso.

E como ele achou algo super engraçado, o marido de Ana Paula Padrão sugeriu que ela pedisse as filmagens das câmeras de segurança da emissora para ver quem havia saído do camarim com a sacola na mão. Mas a apresentadora preferiu conversar com a estilista que tinha acesso a todos os camarins. E o problema foi virando uma bola de neve.

A estilista acabou falando para as camareiras que em seguida voltou com uma delas. A camareira então contou que havia pego a sacolinha porque achou que poderia se tratar de uma joia que ela havia esquecido. E já que tinha tanta gente sabendo do caso, Ana Paula então pediu a ajuda da camareira para sumir de vez com o objeto e por causa da quantidade de gente, elas não conseguiram simplesmente desaparecer com o objeto e a jornalista contou que o vibrador foi jogado no Rio Tietê.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;