Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Gestão pública versus ambiente híbrido


Do Diário do Grande ABC

01/08/2021 | 08:26


É fato que a pandemia acelerou a transformação digital dentro das organizações e os serviços de tecnologia ajudaram o setor de governo a gerenciar muitos desafios, possibilitando resposta mais eficaz e ágil nos diversos departamentos. A resposta quase perfeita para falhas de alto perfil, com a tentativa de desenvolver sucessos e reveses do governo digital durante a crise, é sinal muito positivo de que a maioria dos gestores está abraçando a transformação digital e adotando a nuvem de forma híbrida como sua realidade. Muitos desafios permanecem, principalmente sobre a compreensão da segurança na nuvem. A adoção da cloud não é processo de definição ou escolha, mas requer gerenciamento contínuo e configuração estratégica para propor as melhores decisões de segurança para cada perfil de negócio.

A boa notícia é que ao usar ferramentas de segurança especialistas, inteligentes e automatizadas, as organizações conseguem migrar parte significativa de sua arquitetura para a nuvem sem grandes dores de cabeça, garantindo maior privacidade e a segurança de seus dados. Lembrando que, embora a infraestrutura em nuvem seja segura, os clientes são responsáveis por proteger seus dados, que é a base do modelo de responsabilidade compartilhada para nuvem. A maioria dos gestores entende sua responsabilidade de segurança na nuvem, mas também acredita que seu provedor de serviços em nuvem oferece a proteção de dados suficientes para as ameaças do mercado. De acordo com pesquisa do Gartner, consultoria de TI, sobre o setor de governos, realizada em 2021, é fundamental acelerar a automatização e otimizar a base de sustentação dos serviços públicos, para que os órgãos estatais estejam mais bem preparados para lidar com possível ataque e interrupção. 

Os executivos de TI (Tecnologia da Informação) da área pública precisam investir nas mudanças para arquiteturas modulares e modernas. O levantamento prevê, ainda, que 95% dos novos investimentos em TI realizados por agências governamentais serão feitos no formato de soluções de serviço até 2025. Cientes das tecnologias que se manterão em legado, os órgãos governamentais precisam intensificar a sua transformação a partir de sua infraestrutura híbrida, realidade comum e plausível do setor, para atender aos ‘novos cidadãos digitais’, que exigem serviços eletrônicos e seguros. É essencial que o setor análise rapidamente e se adeque a algumas regras de mercado, entendendo o que funcionou, como funcionou e o que não deu certo em outros setores, para abreviar fases e ser ainda mais eficiente. As inovações provaram que o sucesso deve ser contínuo e aqueles que ainda não trilharam esse caminho podem se adaptar e fazer mudanças mais sustentáveis. 

Renato Tocaxelli é gerente da empresa especializada em cibersegurança Trend Micro.

Palavra do leitor

Skate

Por ter sido incluída a modalidade de skate na Olimpíada, no dia 20 de abril nosso presidente Jair Bolsonaro reduziu o imposto de importação desses produtos, que era de 20% e agora baixou para 2%. E isso ninguém fala. Não vi uma só linha na mídia, que tem parte bem tendenciosa. Nem os corneteiros de plantão falaram nada. Então, com certeza, a medalha de prata da garotinha Rayssa Leal (Esportes, dia 27) e a outra prata, do outro skatista medalhista, Kevin Hoefler, têm a mão do nosso presidente.

Mileyde Tavares
São Caetano

Deputada – 1

O mundo dá voltas e devemos estar preparados para as voltas que o mundo dá, já pregava velho ditado. Até outro dia certa deputada federal dizia aos quatro ventos que a facada que levou o presidente Bolsonaro tinha sido mentirosa. Engraçado que agora ela não consegue explicar por que apareceu ensanguentada e cheia de hematomas dentro do próprio apartamento (Política, dia 27). Câmeras de segurança foram checadas e não há qualquer imagem de alguém entrando na sua casa em Brasília. Atentado fake?

Silas Gobbi
Mauá

Deputada – 2

Evidentemente que temos de esperar o desenrolar dos acontecimentos, das investigações, mas vou adiantar minha opinião. Se a deputada Joice Hasselmann não provar tudo que está dizendo em relação a seus ferimentos, que houve invasão a seu apartamento funcional em Brasília, que foi atacada, enfim, de que foi ‘atentado’, ela aprendeu direitinho com seu mentor, o mentiroso presidente da República, que até hoje não provou que tomou facada de Adélio Bispo, ou, se realmente tomou, também nunca provou que o agressor não é seu comparsa e foi tudo armação. Ela tem de provar, senão, vai se juntar a ele e serão os reis das fake news. E já estamos fartos dessas táticas!

Vicente Andrada
Santo André

Tocando fogo

Moramos em País no qual a pessoa põe fogo em estátua de quem foi, diz a história, caçador de índios e vai presa. Correto. Só que neste mesmo País outra pessoa dá permissão e facilidades para tocar fogo na Floresta Amazônica e está solta. Vai entender!

Maria Terezinha Machado
Ribeirão Pires

Bons serviços

O amor é lindo e deve estar sempre em evidência. Nesse quesito tiro o chapéu para o presidente. Vejam que belo exemplo: ele homenageou a primeira-dama Michele Bolsonaro – aquela mesma que recebeu R$ 89 mil de Queiroz e nunca justificou porquê – com a medalha de mérito Oswaldo Cruz, destinada a personalidades que tiveram atuação destacada em áreas das atividades científicas, educacionais, culturais, administrativas e em relação à saúde dos brasileiros. Olhem que maravilha! E ele deve estar muito apaixonado, porque também dará a Paulo Guedes e a outros 22 aliados dele. E assim caminhamos, rumo ao abismo.

Paulo Cesar Teixeira Ruas
São Bernardo 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;