Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradores relatam
dificuldade com vacinação

André Henriques / DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Quem perdeu primeira dose não consegue reagendar e quem precisa da segunda não há cadastramento


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

30/07/2021 | 00:01


Moradores de São Bernardo relatam que estão encontrando dificuldades para se vacinar contra a Covid-19. A dona de casa Priscila de Souza Lira Menezes, 31 anos, agendou para se vacinar no dia 15 de julho. No entanto, teve febre, sintomas de gripe e com receio que fosse Covid, não foi se vacinar. Ao buscar informações sobre como poderia reagendar, foi informada de que precisaria apresentar atestado médico. Como não chegou a passar por consulta, entrou em contato com a central da Covid, na UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Deise e na ouvidoria da Secretaria de Saúde, sendo orientada a comparecer na UBS.

Na unidade, Priscila fez carta de próprio punho explicando o que houve, para que o documento fosse encaminhado para a vigilância sanitária. Após muitas ligações, a munícipe foi informada de que está no fim da fila, como quem recusa a vacina pela marca, e vai ter que esperar que todos os adultos se vacinem.

Um morador , que não quer se identificar, faltou à vacinação porque tinha um curso na mesma data e, mesmo avisando com dois dias de antecedência, ainda não conseguiu fazer o reagendamento.

Também há relatos como o do escritor Eduardo Reina, 57, que precisa tomar a segunda dose até quarta-feira, mas até o momento não está disponível o agendamento no site da Prefeitura. Quando tomou a primeira dose, o cadastro foi feito com 15 dias de antecedência.

A Prefeitura de São Bernardo informou que o não comparecimento ao posto de vacinação no dia agendado automaticamente coloca a pessoa no fim da fila, até que ela se apresente em uma UBS para solicitar a exclusão do cadastro, com documentos que justifiquem a ausência. Os recursos são analisados de 48 a 72 horas úteis. Para os casos deferidos, o cadastro é excluído e o CPF fica liberado para um novo agendamento. O município também disponibiliza a central de agendamento Covid, pelo número 2630-5640, na qual é possível tirar dúvidas sobre o processo de agendamento.

De acordo com a administração, as vagas para remanescentes de grupos já contemplados estão sendo abertas diariamente, tanto para a aplicação da primeira como da segunda dose. Caso o munícipe não consiga agendar no prazo de 28 dias para a Coronavac e 12 semanas da Astrazeneca ou Pfizer, o reforço é aplicado por livre demanda na UBS Baeta Neves. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;