Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Vivo ainda lidera, mas perde mercado



23/02/2008 | 07:08


A operadora de telefonia celular Vivo encerrou janeiro com 27,44% de participação de mercado, abaixo dos 27,68% constatados em dezembro de 2007, mas ainda na liderança no segmento de telefonia móvel no País. De acordo com os dados divulgados sexta-feira pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a Vivo possui 33,712 milhões de clientes.

 
A TIM, segunda maior em número de clientes, ficou com 26,1% de participação no mercado do setor, ou 32,065 milhões de clientes, acima dos 25,85% indicados em dezembro. Na terceira posição vem a Claro, com 24,84% dos assinantes de telefonia celular, uma base de clientes de 30,517 milhões. Trata-se de uma ligeira queda ante a fatia de 24,99% apurada um mês atrás.
 
A Oi aparece na quarta colocação com uma participação de mercado de 13,32% e 16,364 milhões de assinantes, ante uma presença de 13,21% no mercado em dezembro de 2007.
 
Segundo a Anatel, o número de linhas ativas de telefonia móvel cresceu 1,55% em janeiro em comparação a dezembro, quando a indústria de celulares apresentou seu crescimento mais expressivo desde a instalação dos serviços no Brasil, em 1990.
 
No primeiro mês do ano foram registrados 122,857 milhões de pontos, o que representa um avanço de 21,98% sobre igual intervalo de 2007. Do total de acessos, 99,217 milhões (80,76%) são pré-pagos e 23,640 milhões (19,24%), pós-pagos.
 
Em janeiro de 2008, houve 1,877 milhões de adições líquidas (novas adesões menos cancelamentos), número é 135,12% maior do que no primeiro mês de 2007.
 

A tecnologia GSM continua em expansão e na liderança do mercado, com 97,903 milhões de acessos (ou 79,69% do total ). A tecnologia CDMA tem 20,116 milhões de acessos (16,37%), e a TDMA, 4,822 milhões (3,93%).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;