Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Confiança de serviços sobe 4,2 pontos em julho, a 98 pontos, revela FGV



29/07/2021 | 08:34


O Índice de Confiança de Serviços (ICS) avançou 4,2 pontos na passagem de junho para julho, na série com ajuste sazonal, para 98,0 pontos, o maior patamar desde março de 2014, antes da recessão de 2014 a 2016, quando ficou em 98,3 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em médias móveis trimestrais, o índice subiu 5,4 pontos, a terceira alta seguida.

A alta mensal de julho ante julho foi a quarta seguida, segundo a FGV. "O resultado decorre de uma melhora nos dois horizontes temporais, contudo mais intensa nas expectativas das empresas em relação aos próximos meses de um aumento da demanda por serviços que foram preteridos durante à crise", diz a nota divulgada há pouco pela entidade.

Em julho, o Índice de Situação Atual (ISA-S) subiu 1,7 ponto, para 90,4 pontos, patamar idêntico ao de fevereiro de 2020, nível pré-pandemia. Já o Índice de Expectativas (IE-S) cresceu 6,5 pontos, para 105,6 pontos, maior nível desde novembro de 2012, quando atingiu 106,2 pontos.

Para a FGV, o IE-S acima de 100 pontos sugere "um certo otimismo com o curto e médio prazo". "A aceleração do programa de vacinação, o recrudescimento da pandemia e continuidade na flexibilização de algumas medidas restritivas parecem estar influenciando positivamente no humor dos empresários do setor", diz a nota da entidade.

O avanço no ICS foi disseminado entre os segmentos de negócios, mas foi mais intensa "justamente nos segmentos que mais sofreram ao longo de 2020". "A baixa base de comparação e a expectativa de controle da pandemia, ajudam a explicar esse resultado. Há uma percepção de melhora da situação atual, mas principalmente aumento das expectativas das empresas para os próximos meses", diz a nota da FGV.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;