Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Youtuber são-caetanense,
Raulzito é preso por estupro

Influenciador especializado em games e que era do SBT é acusado de crimes em três cidades


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

29/07/2021 | 00:01


Agentes da DCAV (Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima) do Rio de Janeiro prenderam em Florianópolis, Santa Catarina, ontem, o youtuber são-caetanense Raulino de Oliveira Maciel, 36 anos, conhecido como Raulzito, por estupro de vulnerável. Por enquanto, a investigação tem conhecimento de casos ocorridos em São Caetano, na Capital paulista, e em Niterói (Rio de Janeiro). A princípio, o influenciador especializado em games cumprirá prisão temporária por 30 dias.

O streamer (pessoa que faz transmissão de conteúdo em alguma plataforma) ganhou fama pelos vídeos de games que divulga em seus canais, sendo que no YouTube ele tem cerca de 140 mil inscritos e mais de 200 mil no Instagram. Além disso, Raulzito chegou a iniciar assessoria de gamers mirins, com intuito de recrutar talentos, sobretudo menores de 15 anos.

Com o sucesso, o influenciador foi contratado pelo SBT no ano passado. No entanto, Raulzito foi demitido pela emissora ontem, além de ter perdido título de embaixador de marca de produtos gamer, a Motospeed Brasil, logo após a veiculação da notícia de sua detenção.

O mandado de prisão temporária foi expedido pelo TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) e autorizado pelo delegado Adriano França, que enviou sua equipe até a casa do apresentador, em São Caetano. No entanto, os agentes descobriram que o streamer estava em Florianópolis, onde mantém outra residência.

Diante da gravidade dos atos e, sobretudo, por se tratar de menores, a investigação corre em segredo de Justiça e, por isso, a Polícia Civil não pôde informar mais detalhes sobre o inquérito. O Diário apurou que o apresentador escolhia, preferencialmente, menores entre 10 e 14 anos, de pele branca e cabelos lisos e, normalmente, forçava encontros com os jovens prometendo, principalmente, oportunidade de emprego no SBT .

Além das vítimas em três cidades, há ainda chance de que mais crianças tenham sido alvo do youtuber. A polícia espera que, com a divulgação da prisão, outras vítimas denunciem abusos praticados pelo streamer.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;