Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Acidentes de trânsito com
motos sobem 49% na região

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Foram 220 casos registrados em maio do ano passado contra 328 no mesmo mês de 2021


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

29/07/2021 | 00:01


O número de acidentes envolvendo motociclistas aumentou 49% na região levando em consideração a comparação das ocorrências de maio de 2020 com o mesmo mês de 2021. Os dados foram obtidos pelo Diário por meio do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo). No ano passado foram 220 acidentes deste grupo nas sete cidades, enquanto que em maio foram 328.

A cidade com mais ocorrências envolvendo os motociclistas é São Bernardo, com 112 acidentes em maio deste ano. Já durante o mesmo período do ano passado foram 70 casos registrados. Mauá, entretanto, foi o município que mais viu o índice crescer, já que o número de ocorrências mais que dobrou. No ano passado foram 28 acidentes em maio e, nesse ano, o registro de ocorrências foi de 59.

Conforme o professor da FEC (Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) Creso de Franco Peixoto, o número faz sentido, ainda mais se levarmos em conta o período de isolamento em razão da Covid. “Os dados têm ligação direta com a pandemia. Na realidade, a facilidade das entregas (de produtos e alimentação) não mudou, mas a velocidade destas entregas, sim. Este ano, com a continuidade da restrição da economia, com motociclistas nas ruas, todo mundo percebeu que o volume de tráfego aumentou. Estes motociclistas quiseram manter o nível de entregas que faziam no ano passado (e isso resultou em mais acidentes)”, avaliou Peixoto.

Santo André também apresentou aumento considerável no número de acidentes envolvendo motociclistas. Em maio deste ano foram 84 ocorrências, enquanto que no mesmo mês do ano passado, o índice foi de 72. São Caetano viu o número aumentar de oito para 11; em Rio Grande da Serra as ocorrências foram de três no ano passado para quatro neste ano; e Ribeirão Pires manteve a mesma quantidade de ocorrências nos dois períodos, com nove acidentes.

O Diário também detectou, a partir dos dados do Infosiga, que o número de acidentes fatais envolvendo pedestres aumentou 125% do mês de junho de 2021 na comparação com o mesmo período de 2019. Enquanto há três anos quatro pessoas morreram no trânsito, neste ano o número foi de nove. “Em razão do volume de tráfego, que é contado em centenas de milhares de veículos, a variação de quatro para nove é uma variação impactante, mas com caráter randômico (que alterna). Como é número de um dígito, ele pode sofrer dispersão e não ter motivo”, alegou Peixoto. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;