Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vacinas mantém proteção contra variantes, mas há lacunas nas evidências, diz OMS



28/07/2021 | 11:34


Diretora do Departamento de Imunização, Vacinas e Produtos Biológicos da Organização Mundial da Saúde (OMS), Katherine O'Brien afirmou que, apesar de haver algumas "lacunas" nas evidências sobre a eficácia das vacinas contra as variantes do coronavírus, os produtos, no geral, mantém a proteção contra casos graves e hospitalizações provocadas pela covid-19.

Durante sessão de perguntas e respostas nesta quarta-feira, 28, O'Brien disse que a OMS ainda precisa coletar informações que mostrem, de forma detalhada, como cada imunizante responde a cada uma das cepas do vírus em circulação. Até lá, a especialista afirmou que a população pode confiar nas vacinas.

Preocupada com o baixo suprimento dos produtos em regiões mais pobres do planeta, O'Brien disse que não é recomendável que países administrem doses de reforço das vacinas neste momento. Segundo ela, ainda não há evidência suficiente que prove que esta prática é benéfica.

Sobre a possibilidade de tomar diferentes imunizantes, a especialista afirmou que, por enquanto, somente a mistura de uma primeira dose da vacina da AstraZeneca com uma segunda dose dos produtos da Moderna ou Pfizer se mostrou eficaz. Até que mais informações sejam fornecidas sobre o tópico, ela recomendou a busca por doses da mesma vacina.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;