Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Reservem vaga e taça para o Tigre


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

27/07/2021 | 00:01


O São Bernardo FC não é favorito para o título da Copa Paulista deste ano. O São Bernardo FC é MUITO favorito a conquistar o bicampeonato do torneio. Não só por entrar como campeão da Série A-2 e por ter mantido mais de 50% do elenco que faturou troféu e conquistou o acesso há dois meses, mas também pelos bons reforços que vem anunciando nos últimos dias. Destaques da Série A-3, o atacante Eder Paulista, ex-Nacional, foi artilheiro da competição, com 13 gols, e chega ao Tigre seguindo os passos de outro atleta que foi o goleador máximo do torneio, caso de Léo Castro, pelo próprio Naça, na edição de 2017, e que fez sucesso recente com a camisa aurinegra. Outro que chega da Terceira Divisão do Estado é o atacante Junior Palmares, campeão pelo Linense. Já o meia Cesinha, que ficou no topo da tabela de artilharia da A-2, com sete gols, com a camisa do Rio Claro, também já foi anunciado. Outros três que não foram oficializados, mas já tiveram documentações acertadas, são o experiente goleiro Oliveira, 39 anos, ex-Água Santa; o ágil atacante Erik Bessa, ex-EC São Bernardo e São Caetano, que nesta temporada defendeu Aparecidense-GO e Atibaia; e o principal nome da lista até agora: o atacante João Carlos, que teve papel fundamental e decisivo na equipe são-bernardense na reta final da Série A-2 deste ano, quando veio por empréstimo junto ao Volta Redonda-RJ, e agora ficará em definitivo até o fim de 2022. Juntando estas cinco peças a jogadores como Gabriel Gasparotto, Eduardo Diniz, Lucas Ferron, Leandro Amaro, Pará, Ruan, Rodrigo Souza, Natan, Gionotti, Marquinho, Vitinho e Marcelinho, todos remanescentes da vitoriosa campanha, sob batuta de Ricardo Catalá, invariavelmente terá o melhor elenco do torneio, podendo ainda contar com atletas que regressaram de empréstimo, casos de Fernando Júnior e Italo, que dependem do aval do professor.

Aliás, por falar no treinador, rumores confirmados por colegas da imprensa dão conta de que ele foi sondado por dois clubes da Série B do Campeonato Brasileiro, casos de Goiás e Botafogo. Porém, as negociações não teriam evoluído. O motivo disso não está claro, mas, independentemente de qualquer coisa, tal situação levanta dois pontos: o primeiro, que a campanha à frente do São Bernardo FC colocou o técnico em evidência; o segundo, que a estabilidade, tranquilidade e projeto a longo prazo que o comandante tem no Tigre o permitem seguir na função com a certeza de que está respaldado, sem ir para uma equipe que troca o comandante a cada sequência de insucessos.

Observando os 17 clubes participantes desta Copa Paulista e com todo respeito a todos, não vejo concorrente à altura. Por não terem outras competições para se preocupar, XV de Piracicaba e Rio Claro poderiam ser dois postulantes às primeiras colocações. O Botafogo estará com as atenções voltadas à Série C do Campeonato Brasileiro, mesmos casos de Portuguesa e São Bento na Série D, sobretudo se avançarem às próximas fases. Já o Santos usará o time sub-23. Outros dois representantes da região, o EC São Bernardo vai apostar na volta do técnico Renato Peixe e pode ter no elenco jogadores com bastante experiência (a confirmar) para tentar, no mínimo, repetir a campanha semifinalista de 2019. O São Caetano, por sua vez, vem montando equipe do zero e terá algumas apostas, como os filhos de Marcelinho Carioca, Lucas e Matheus Surcin, e o artista MC Livinho. Dos outros que confirmaram presença, casos de Velo Clube, Noroeste, Votuporanguense, Comercial, Primavera, Juventus, Taubaté e Atibaia, não dá para saber ao certo o que esperar. Afinal, a competição é extremamente deficitária.

Dito tudo isso, afirmo: pode separar a vaga na Série D do Brasileiro de 2022 (benefício dado ao campeão) e o troféu desta Copa Paulista para o Tigre. Qualquer outro cenário será zebra. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;