Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Paciente rouba ambulância
de UPA e foge


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

27/07/2021 | 00:01


Uma ambulância da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Perimetral, em Santo André, foi roubada na manhã de ontem pelo paciente Davi Cordeiro da Silva, 28 anos, que foi atendido no equipamento de saúde na madrugada.

Durante a fuga, acompanhada por equipes da PM (Polícia Militar), Davi tentou atropelar pedestres e, chegando na Avenida Industrial, na esquina com a Rua Marina, no bairro Campestre, o rapaz bateu em viatura que estava estacionada. Em seguida, a ambulância atingiu o muro de uma empresa.

Na batida, por pouco o motociclista Thomaz Candido, 32, que estava parado na semáforo, não foi atingido. Ele disse que viu quando a ambulância se aproximava. “Imaginei que fosse alguma ocorrência na região, quando eu vi que a ambulância bateu no carro de polícia larguei minha moto e corri, com medo de possíveis tiros”, declarou, explicando que antes de avistar o veículo notou a movimentação de policiais pela via. Thomaz contou que, após a colisão no muro, Davi desceu do veículo e pediu para que os policiais disparassem nele. “Ele queria se matar, falava isso”, completou o mecânico.

Segundo a PM (Polícia Militar), a viatura atingida não estava no local propositadamente para frear a ambulância. Conforme policiais, duas ambulâncias estavam em movimento, sendo uma pela Rua Marina e outra que Davi dirigia na Avenida Industrial. Os PMs, ao avistarem um dos veículos, manobraram para tentar identificar qual dos carros era o roubado. O acidente, porém, foi premeditado por Davi que, ao ver a viatura, optou por avançar.

Davi foi encaminhado ao CHM (Centro Hospitalar Municipal) de Santo André para avaliação médica. O caso foi registrado no 4º DP (Jardim) da cidade. Ninguém ficou ferido durante a ocorrência.

Em nota, a Prefeitura informou que Davi deu entrada na UPA Perimetral às 4h18 transportado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) após ter sido encontrado em via pública “com quadro agressivo e sinais de embriaguez,”. O paciente foi avaliado, medicado e, conforme a nota, “medidas de contenção foram adotadas”. Às 6h18, porém, Davi teria tido outra crise, saindo da unidade e roubando a ambulância, enquanto o motorista, que chegou a ser derrubado, estava estacionando o veículo.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;