Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Roberto Jefferson destitui diretórios do PTB de S.Bernardo, Mauá e Ribeirão

Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente nacional do partido aponta alianças com siglas de oposição a Bolsonaro como fator preponderante para decisão


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

22/07/2021 | 16:00


O diretório nacional do PTB, comandado pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson, destituiu as executivas do partido em São Bernardo, em Mauá e em Ribeirão Pires, sob alegação de descumprimento de ordem na eleição do ano passado de ficar fora de palanques de partidos que fazem oposição ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Em São Bernardo, o PTB indicou a vice na chapa encabeçada pelo ex-prefeito Luiz Marinho – no caso, a advogada Ana Paula Lupino. Em Mauá, os petebistas estiveram ao lado do prefeito Marcelo Oliveira (PT) desde o primeiro turno. Em Ribeirão Pires, Gabriel Roncon (PTB) seguiu como vice do ex-prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB).

Jefferson havia editado normativa interna impedindo parcerias eleitorais de petebistas com PSDB, DEM, Psol, PT e outras legendas que engrossam o coro de oposição a Bolsonaro. Como a regra tinha sido externada fora dos prazos eleitorais de vedação de alianças, os acordos firmados nos municípios permaneceram sem prejuízo aos candidatos. A retaliação surge agora, em ambiente partidário.

Em Mauá, o apoio do PTB acabou sendo decisivo para Marcelo. Ele chegou ao segundo turno ao superar juiz João Veríssimo (PSD) por diferença de menos de 700 votos. No segundo turno, venceu o então prefeito Atila Jacomussi (PSB) por pouco mais de 2.500 votos. O diretório do partido na cidade era comandado pelo ex-deputado federal Wagner Rubinelli (PTB), atual secretário de Administração de Marcelo.

Ex-vereador e atual secretário de Serviços Urbanos, Fernando Rubinelli (PTB) declarou ter visto com surpresa a dissolução da executiva no município. “Vejo com surpresa. Porém, Wagner e eu não vamos deixar o PTB, partido que ajudamos a construir na cidade, inclusive na eleição do ano passado”, sentenciou Fernando. “Não concordo com essa postura tirana do diretório nacional, que tentou, em vão, brecar nossa aliança vitoriosa com o prefeito Marcelo Oliveira.”

Fernando, filho de Wagner Rubinelli, avisou, entretanto, que apoia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no pleito do ano que vem. “Vamos trabalhar muito pela eleição do presidente Lula. Os filhados que me acompanham e eu estaremos nessa.”

Em São Bernardo, Eduardo Okuma Oriente foi designado como presidente do partido. Outra alteração já confirmada foi em Santo André, com a ascensão de Miguel Heredia como mandatário da legenda em território andreense. Em Mauá e em Ribeirão, ainda não há nova composição registrada.

“São decisões motivadas em torno da reorganização do partido na região. Em São Bernardo, por exemplo, o Eduardo tem afinidade política e converge no campo ideológico. Em Mauá, quem estava ainda na presidência era o Rubinelli, que é secretário do governo do PT. Não tem cabimento. Não decidimos a nova comissão, vamos conversar com lideranças, já tive encontro do o vereador Jairo (Michelângelo, PTB). Pode até ser ele (presidente), tem mostrado obediência ao programa, mas não necessariamente. Já em Ribeirão temos a nossa maior bancada no Grande ABC. O Roncon estava no comando lá. Vou tratar da nova executiva com os nossos três parlamentares (Rato Teixeira, Leandro Tetinha e Amanda Nabeshima). Estamos fazendo reformulação, pensando também na montagem de chapas de 2022”, considerou Heredia, que tem exercido função de coordenação regional do PTB.

“A nacional é quem tem assinado formalmente essas destituições. O Roberto Jefferson me encarregou de traçar esse planejamento, me deu essa incumbência, pela confiança e por conhecer a região. Sou presidente em Santo André. Com esse aval, estamos fazendo isso de maneira sólida. O Roberto endureceu as regras. Ele sempre foi mais à direita, mas não tinha a devida obediência. Agora ele está cobrando fidelidade, com ênfase também no apoio ao presidente (Bolsonaro)”, emendou. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;