Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 9 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Irmãs Galvão mudam de nome


Cássio Gomes Neves
Do Diário do Grande ABC

16/11/2001 | 18:07


  São raros os cantores de chuveiro que nunca se flagraram entretidos com as estrofes de Beijinho Doce. E são mais incomuns ainda os fãs que não solicitam a tal música em um show de As Galvão, a dupla formada por Mary e Marilene que há três meses costumava atender pelo nome Irmãs Galvão. As duas se apresentam neste sábado na Estância Alto da Serra, em São Bernardo, para fazer o lançamento nacional do disco Nóis e a Viola.

Com a palavra, Mary (pronuncia-se Meire): “Mudamos de nome aconselhadas pela numerologia e isso foi uma grande virada em nossa carreira”. A mais velha das Galvão não perde a oportunidade de grifar as maravilhas operadas pelo coquetel de astrologia e numerais: “Foi uma virada porque há muito tempo nós queríamos gravar um disco com músicas de raiz, e as gravadoras só queriam saber de música para jovens, música com apelo comercial. Então, de uma hora para outra, a Continental (gravadora) nos convidou para gravar o CD com tradicionais canções sertanejas”.

Layout novo, repertório de outras estações. Assim foi a cunhagem de Nóis e a Viola, disco em que foram registradas composições de Raul Torres e João Pacífico e contou com a participação especial do ator Jackson Antunes, que recita poemas em uma das faixas. “Ficou maravilhoso”, afirma Mary.

A lista de músicas programadas para o show inclui obras do novo CD e canções obrigatórias. É justamente aí que entra Beijinho Doce, uma homenagem das Galvão à dupla formada por Adelaide Chiozzo e Eliana, que deram fama à música em produções da companhia cinematográfica Atlântida. O show em São Bernardo ainda terá espaço para outros hits movidos a viola e acordeão: Triste Berrante, Chico Mineiro, Índia e Chalana.

A moda country a la Nashville à qual a atual música sertaneja anda aderindo passa ao largo da performance de hoje (e de sempre) das irmãs Marilene e Mary, que é taxativa: “Queira ou não, o pessoal terá de nos engolir.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;