Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Festival de Campos do Jordão terá edições de inverno e verão



25/06/2021 | 08:20


A 51ª edição do Festival de Inverno de Campos do Jordão será realizada entre os dias 3 de julho e 1º de agosto. Serão 43 concertos (39 deles no Auditório Claudio Santoro), todos com transmissão online e presença reduzida de público.

A Secretaria de Estado de Cultura anunciou ainda a realização, entre os dias 15 de janeiro e 13 de fevereiro de 2022, de uma edição do evento também no verão. "O objetivo é ampliar o impacto positivo no turismo, na geração de empregos e de renda na cidade", explicou o secretário de Estado da Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.

A programação de concertos, ao contrário do que vinha acontecendo, será realizada em sua maioria em Campos, com apenas os concertos da Orquestra Jazz Sinfônica na Sala São Paulo. Não haverá concertos ao ar livre na Praça do Capivari, para evitar aglomerações. A agenda terá celebração dos 250 anos de Beethoven e centenário de Astor Piazzolla. Haverá também uma seleção de obras de compositoras.

A área pedagógica vai contar com 135 alunos, que terão aulas virtuais e presenciais na Sala São Paulo com 33 professores. Também serão realizadas vinte master classes online com artistas internacionais. Entre os alunos, serão formadas duas orquestras acadêmicas, com cerca de sessenta alunos cada - elas serão regidas por Claudio Cruz, nas duas primeiras semanas, e Giancarlo Guerrero, nas duas últimas.

"Há um enorme desafio por conta da preocupação sanitária", diz Fabio Zanon, diretor artístico e pedagógico do festival. "Os alunos serão divididos em dois grupos, que não vão se encontrar ao longo do período letivo. Todos os estudantes serão testados. Nas duas primeiras semanas, o grupo A terá aulas individuais pela manhã, na Sala São Paulo. Ao final da manhã, eles voltam para casa. E o grupo B vai à sala para os ensaios de orquestra e de câmara. Nas duas últimas semanas, a ordem se inverte."

A abertura do evento, no dia 3 de julho, será com a Osesp tocando a Sinfonia nº 2 de Rachmaninov, sob regência do maestro Thierry Fischer. Entre os grupos convidados estão a Orquestra Jovem do Estado e a Orquestra do Theatro São Pedro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;