Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

De volta ao presencial, Câmara de Mauá aglomera mesmo sem público

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Parlamentares e assessores se amontoam no plenário e toleram vereador antimáscara


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

24/06/2021 | 16:28


De máscara descartável com a alça rasgada na mão, o vereador Sargento Simões (Podemos), de Mauá, ironizava o uso da proteção na sessão de terça-feira: “Disseram que eu não uso”. É em meio a esse cenário que a Câmara, presidida por Zé Carlos Nova Era (PL), retornou aos trabalhos presenciais no mês passado, depois de registrar vários surtos de Covid-19 entre parlamentares e funcionários desde o início da pandemia.

Mesmo com a participação de público vetada, assessores e vereadores se aglomeram no plenário. A entrada na área, embora restrita a poucos servidores da casa, aos próprios vereadores e aos jornalistas, é de fácil acesso a qualquer pessoa, sem nenhum controle. Na sessão de terça, durante o período que a equipe de reportagem do Diário esteve no local, não era raro o entra e sai no plenário. Entre os parlamentares mauaenses, pelo menos três são ou foram profissionais da área da saúde.

A Câmara de Mauá retomou às sessões presenciais em maio. Também liberou o atendimento ao público nos gabinetes. E mesmo com a alta do número de casos de Covid, a casa normaliza o fato de Simões se recusar a usar máscara durante toda a sessão. O parlamentar sequer foi advertido pelos colegas nem pelo presidente da casa, diferentemente do que se vê em outras câmaras quando um colega aparece sem a proteção.

Além de Mauá, os legislativos de Santo André, São Bernardo, São Caetano e Rio Grande da Serra têm realizado as plenárias de forma presencial, sem a presença de público. O presidente da Câmara de São Caetano, Pio Mielo (PSDB), afirmou que a expectativa é a de que o avanço da vacinação na cidade durante o recesso parlamentar, no mês que vem, permita flexibilizar as restrições. Mandatário do Legislativo diademense, Josa Queiroz (PT) descartou retorno aos trabalhos presenciais antes do recesso e frisou que eventuais mudanças ocorrerão após testagem em massa.

Ao Diário, Nova Era reconheceu a aglomeração na casa na sessão de terça, mas garantiu que o caso foi pontual devido à votação da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2022. O parlamentar também assegurou que Simões é frequentemente advertido a usar máscara.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;