Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

A terceira onda


Do Diário do Grande ABC

22/06/2021 | 23:59


Enquanto os programas de imunização contra a Covid-19 patinam, na esteira da falta de vacinas suficientes, o Brasil começa a sentir os efeitos da terceira onda de contaminação pelo novo coronavírus. No Grande ABC, que tem a segunda pior taxa de transmissão da doença de todo o Estado de São Paulo, a situação é preocupante. Os casos, tanto de infecção quanto de mortes, não desaceleram. Muito pelo comportamento quase suicida da população, que tem dificuldade para respeitar os protocolos de proteção, como o uso de máscara facial, a higienização frequente das mãos e a manutenção do distanciamento físico.


Levantamento com base nos dados da pandemia em território paulista mostra que a taxa de reprodução do novo coronavírus nas sete cidades do Grande ABC atinge o número de 1,58, a significar que cada grupo de 100 contaminados é capaz de infectar outras 158 pessoas. A proporção é a segunda pior do Estado, ficando atrás apenas da verificada na região de Registro, no Interior, com 1,67. Isso significa que a proliferação do agente causador da Covid-19 está totalmente fora de controle, como indica qualquer numeração maior que 1.


A situação é bastante temerária. Se nada for feito para estancar o crescimento dos índices, existe risco iminente de os municípios enfrentarem, muito em breve, colapso do sistema de atendimento aos doentes com coronavírus – como já ocorreu nos primeiros meses deste ano. Há apenas duas maneiras de manter a situação sob controle: vacinação em massa e obediência cega às regras sanitárias.


Como o primeiro item está seriamente comprometido, por uma série de razões, inclusive a demora do governo federal em reservar doses de imunizantes para os brasileiros, resta aos moradores do Grande ABC seguirem o segundo. Se cada um dos cidadãos que habitam os sete municípios fizer a sua parte, com esmero, a velocidade de transmissão do novo coronavírus vai ser automaticamente reduzida. Em tempos de poucas vacinas, trata-se de comportamento fundamental para reduzir a tragédia da terceira onda. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;