Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Brasil registra 2.080 mortes por covid-19 em 24 horas; casos têm alta de 26%

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

No total, o Brasil tem 504.897 mortos e mais de 18 milhões de casos da doença, mantendo-se ainda como a segunda nação com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos



22/06/2021 | 20:11


O Brasil registrou 2.080 novas mortes pela covid-19 nesta terça-feira, 22, enquanto a média de novos casos apresentou um aumento de 26% em relação à de duas semanas atrás. Já a média semanal de vítimas fatais, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 1.962, de acordo com os dados do consórcio de imprensa.

A média de novos casos da covid no Brasil tem se mantido acima dos 55 mil desde março deste ano, quando começou o que alguns especialistas consideraram como a "segunda onda" da pandemia no País e chegou nesta terça a 73.255. O número de novas infecções notificadas nas últimas 24 horas foi de 86.833.

No total, o Brasil tem 504.897 mortos e 18.056.639 casos da doença, mantendo-se ainda como a segunda nação com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos. Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 16,3 milhões de pessoas já se recuperaram da covid.

O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira um número alto de mortes por coronavírus, com 843 novas vítimas da doença. Outros cinco Estados também superaram a barreira de 100 óbitos no dia: Rio de Janeiro (185), Rio Grande do Sul (155), Goiás (138), Paraná (109) e Bahia (100).

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho do ano passado, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Nesta terça-feira, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 87.822 novos casos e mais 2.131 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 18.054.653 pessoas infectadas e 504.717 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;