Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Trilhas, esporte, arte e cerveja: veja que fazer em Denver, Colorado

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Paulo Basso Jr.
Do Rota de Férias

06/07/2021 | 20:57


Belas paisagens, vida noturna agitada, arenas esportivas, instalações artísticas e, principalmente, muita, muita cerveja. Pouca gente sabe, mas não falta o que fazer em Denver, Colorado. Tampouco, beber.

A capital do estado que fica praticamente no coração dos Estados Unidos tem pouco mais de 700 mil habitantes e funciona como um enorme hub entre o Meio-Oeste e o Oeste americano. Isso a torna bastante movimentada, inclusive economicamente. Uma série de grandes empresas tem base na região, a exemplo de Molson Coors, uma das maiores cervejarias do país.

Paulo Basso Jr.
Fantástica vista do sol nascendo no Red Rocks, nos arredores de Denver

 

Talvez por isso o aeroporto local seja o maior dos Estados Unidos em termos de tamanho – em movimento, ninguém na Terra do Tio Sam supera o de Atlanta, o segundo mais agitado do mundo. Com numerosas (e curiosas) esteiras rolantes em linha reta que levam a uma série de portões de embarque enfileirados, o local vive lotado.

Há até uma companhia aérea com base estabelecida por lá, a Frontier, uma ultra low coast responsável por conectar Denver a mais de 100 outros destinos dos EUA. Foi por meio dela que eu cheguei na capital do Colorado, mas outras grandes empresas aéreas do país, como American Airlines, United e Delta, também voam para a região.

Assine nossa newsletter com dicas semanas de turismo e ganhe um e-book exclusivo com dicas de viagem.

Onde fica Denver

Uma das principais curiosidades de Denver é seu apelido: Mile High City. Basta traduzir para perceber que o motivo é literal: plana, ela fica a exatamente 1 milha (1.609 metros) de altura.

Paulo Basso Jr.
De Denver é possível observar a cadeia montanhosa

 

Da capital do Colorado, porém, observa-se o tempo todo uma série de picos das Montanhas Rochosas americanas, alguns deles com mais de 5 mil metros de altitude e cobertos por neve eterna. Por isso, muita gente que vai até o estado para esquiar desembarca em Denver antes de seguir para os badalados destinos de inverno do pedaço.

É o caso de Vail e Breckenridge, que estão entre as melhores estações de esqui do Hemisfério Norte e ficam a cerca de 1h40min de carro de lá. Já Aspen, queridinha dos brasileiros, está um pouco mais longe, a aproximadamente 3h30min de estrada.

Siga o Instagram @rotadeferias e confira matérias e bastidores das nossas viagens pelo Brasil e pelo mundo.

Quando ir a Denver

No verão americano, entre junho e agosto, Denver é quente para valer. Durante o dia, os termômetros passam fácil dos 35ºC, embora à noite permaneçam em torno de 23ºC. Como a região é bastante seca, a época é boa para quem está atrás de eventos a céu aberto, trilhas cervejeiras e agitada vida noturna.

Paulo Basso Jr.
Esculturas de Botero no Denver Perfoming Art Complex

 

O inverno, por sua vez, o frio é assolador. De novembro a fevereiro, os termômetros podem atingir em torno de -20ºC, numa boa, com neve a quase 40 cm do de altura. A vantagem de ir até lá nesse período é explorar as montanhas nevadas nos arredores.

Melhor mesmo é viajar na primavera ou no outono, a fim de fazer hiking nas montanhas e parques. Essas épocas também são bons para aproveitar a contagiante vida cultural de Denver, com visitas a museus e obras de street art.

Hotéis, pousadas e casas de aluguel em Denver – Encontre aqui a melhor opção para você.

O que fazer em Denver, Colorado

Trilhas nos arredores

Pelo fato de ter muitas montanhas nos arredores, quem procura o que fazer em Dever, Colorado, encontra diversas oportunidades de hiking que levam a lagos e picos. Há trilhas para caminhar e andar de bike, que exigem pouco ou muito esforço físico, dependendo do seu interesse. Em algumas delas, dá para ver pássaros e outros animais, a exemplo dos fofinhos cães-da-pradaria.

Paulo Basso Jr.
Cão-da-pradaria, nas trilhas

 

As mais procuras estão em Chautauqua Park, na região de Boulder, bem como em Staunton State Park, Waterton Canyon, White Ranch e Red Rocks Park. Todas elas estão a menos de uma hora de carro da capital do Colorado. E esse ultimo destino, especialmente, merece um capítulo à parte.

  • Red Rocks Park

Toda lista sobre o que fazer em Dever, Colorado, precisa incluir o Red Rocks Park. Espetacular, o parque situado a cerca de 30 minutos de carro da capital abriga não apenas trilhas, mas também um anfiteatro natural onde rolam shows e eventos de todo tipo.

Ver o nascer do sol na região, por trás das montanhas, é inesquecível. Confesso que estava rabugento de acordar 4h30 da manhã para isso, mas a experiência vale a pena. E chegar cedo ainda evita que você pare nos estacionamentos mais afastados e tenha de subir um bocado de degraus para chegar ao anfiteatro.

Paulo Basso Jr.
Ioga no Red Rocks Park

 

Quando o sol começa a surgir como uma bola de fogo por trás das montanhas, a emoção é garantida. O ideal é se posicionar no topo do anfiteatro, cuja arquibancada em forma de estádio se descortina até um grande palco, na parte inferior.

Rolam muitos shows por lá, o que deve ser incrível por conta da acústica obtida pela presença das grandes rochas avermelhadas que cercam o local. Aos fins de semana, nos meses mais quentes, é possível fazer aulas de ioga assim que o dia amanhece.

Aproveitei que estava lá para relaxar no meio da galera. E, posso garantir, valeu a pena. Os ingressos precisam ser adquiridos com antecedência no site do The River Yoga Studio.

Downtown Denver e bairros centrais

Você encontra muito o que fazer em Denver, Colorado, ao ficar em Downtown e explorar a região e os bairros mais próximos. Durante o dia, não há problemas em caminhar de um lado para o outro. À noite, alguns trechos da cidade podem ser mais violentos.

Seguro viagem EUA – Pesquise as melhores opções do mercado e ganhe 5% de desconto ao usar o cupom ROTADEFERIAS5 no site Seguros Promo.

Há calçadas inteiras tomadas por moradores sem tetos no centro, a maioria deles estabelecidas em barracas de camping. Há quem diga que eles chegam lá pelo fato de o Colorado ser um dos estados mais liberais em relação a drogas nos Estados Unidos – a maconha por lá, por exemplo, pode ser usada de maneira recreativa –, mas a maioria dos especialistas apontam que Denver é a maior cidade num raio de muitos quilômetros, o que atrai imigrantes em busca de oportunidades que, nem sempre, se realizam.

De qualquer forma, isso não impede que se aproveite o passeio por Downtown e os bairros nos arredores sem grandes preocupações. Basta ficar atento durante a noite e aproveitar as principais atrações do pedaço, que são muitas.

  • 16th Street Mall

Esta avenida tem nome de shopping (mall, em inglês), e não é à toa. Trata-se de um calçadão com lojas de todos os tipos, dos dois lados da rua. São cerca de 2 km de vitrines de marcas tradicionais e locais.

Paulo Basso Jr.
16th Street Mall, a rua de compras

 

Para ajudar quem não abre mão de carregar muitas sacolas, é possível embarcar gratuitamente no Free MallRide, um ônibus que percorre a região. Basta entrar e descer nos pontos que achar mais conveniente.

  • Larimer Street

Esta é, talvez, a rua mais legal de Denver. Na parte sul está a Larimer Square, em uma área fechada para carros, muito bem decorada e repleta de restaurantes estrelados. É o caso do The Capital Grille e da Osteria Marco. Ali também há lojas e barzinhos sofisticados.

Paulo Basso Jr.
Larimer Square, com muito o que fazer em Denver

 

Já no trecho mais ao norte, no sentido de RiNo e Five Points, perto do The Denver Central Market (que também vale a visita), não faltam bares descolados para tomar drinques e as cervejas locais. Se tiver tempo, passe no Il Posto, cujo atendimento é ótimo. O local também serve bons pratos italianos.

Paulo Basso Jr.
Mural do Il Posto, em Five Points

 

Para usar telefone e internet nos EUA, clique neste link e garanta seu chip viagem internacional. Use o cupom rotadeferias para ganhar até 10% de desconto.

  • Street art, em RiNo

Caminhando pela Larimer Street em direção ao RiNo (River North District), você verá muita street art. O local, que tem vida noturna agitada, conta com uma série de murais grafitados, alguns bastante criativos. Muitos têm mensagens sociais e políticas. Um dos que mais gostei foi o “Larimer Boy/Girl”, de Jeremy Burns (a quem tive a oportunidade de conhecer em um bar, o Spangalang, sobre o qual comento mais abaixo).

Ao olhar o mural de um lado, você enxerga um garoto. Do outro, uma garota. E de frente, formas artísticas completamente distintas.

A maior parte das street arts do RiNo, porém, é trocada anualmente, o que sempre traz um clima arejado para o ambiente. Há até um festival para celebrar a cultura do grafite no pedaço, chamado Crush Walls.

Paulo Basso Jr.
O que fazer em Denver: Mural em Five Points

 

  • Union Square, em LoDo

Na lista de o que fazer em Denver, dê um jeito também de encaixar o LoDo. Trata-se de Lower Downtown, o bairro mais antigo de Denver e onde fica um dos principais cartões-postais da cidade, a Union Station.

Dali partem ônibus e trens para o aeroporto, mas o bacana mesmo é curtir os diversos cafés e bares nos arredores. Há até um restaurante brasileiro, chamado Rodizio Grill Brazilian Steakhouse.

Paulo Basso Jr.
Union Station

 

Caminhando na direção do Coors Field, o campo de beisebol da cidade, você encontra uma área restaurada voltada apenas para pedestres, chamada McGregor Square. O espaço, que antigamente abrigava um dos estacionamentos do estádio, reúne hoje uma série de casas avarandadas para assistir a jogos.

O The Original, por exemplo, serve um bom sanduíche de pastrami. Pertinho dele está a ChopHouse And Brewery Denver, com diversas torneiras de cerveja e uma série de TVs conectadas em canas de esportes.

Paulo Basso Jr.
Bar The Original, novidade para quem busca o que fazer em Denver

 

Confira aqui excelentes opções de pacotes de viagens para os EUA.

  • Tour cervejeiro

A cerveja está conectada à história de Denver há muitos anos – na verdade, desde a fundação da cidade, em 1859. Os pioneiros que chegaram à região para explorar a mineração de ouro, que havia sido descoberto no Rio Platte, não demoraram a perceber que a qualidade da água proveniente do degelo das montanhas era excelente para a produção da bebida.

Reza a lenda que o primeiro governo local foi constituído em um saloon, o Appole Hall, que está aberto até hoje na 1425 Larimer St. Já em 1873, a cervejaria Coors foi fundada em Golden, nas imediações da atual capital do Colorado. O detalhe é que a empresa ainda usa as fontes naturais descobertas naquele tempo para produzir seu néctar dourado (tours de 30 minutos podem ser agendados na fábrica).

Paulo Basso Jr.
Woods Boss Brewing, em Denver

 

Hoje, quem toma conta da cena da bebida na cidade, porém, são as microcervajarias artesanais. Há mais de 15 delas apenas no centro da cidade. Meu amigo Seth Giovanetti, americano que mora por lá, indicou cinco taprooms (bares de cervejarias) que não podem faltar no roteiro de quem procura o que fazer em Dever, Colorado.

  1. Great Divide Brewing
  2. Woods Boss Brewing
  3. Spangalang
  4. Denver Beer Company
  5. New Belgium

Provei quase todas, mas deixo como destaque a Woods Boss Brewing, que fica em um espaço fantástico, numa espécie de galpão rústico. Eles produzem alguns tipos exóticos, que remetem até a tortas de limão, mas eu gostei mesmo foi da boa e velha lager, geladinha e no ponto.

A Spangalang também é divertida. Ela está em Five Points, bairro ocupado por negros durante o crescimento de Denver e que tem uma atmosfera vibrante – isso sem contar charmosas casas avarandadas que, a despeito de terem menos de 100 metros quadrados, podem custar mais de US$ 1 milhão. Há muitos bares e casas de jazz que valem a visita por lá, inclusive. A própria Spangalang tem um logo que lembra uma gravadora antiga e cervejas que remetem ao ritmo.

Paulo Basso Jr.
Cervejaria Spangalang, em Denver

 

Há ainda diversas outras cervejarias nos arredores de Denver, como a Avery, em Boulder. Trata-se de uma boa parada para quem vai fazer trilhas nos arredores. Sobretudo no verão, uma vez que o local conta com mesas espalhadas por um convidativo gramado.

Paulo Basso Jr.
Gramadão da Avery, em Boulder

 

Compare aqui os preços de todas as empresas que voam para os EUA e garanta as passagens mais baratas.

  • Esportes

Para os fãs de esportes americanos, Denver também é uma festa. O local conta com equipes nas ligas profissionais das quatro modalidades mais populares do país. Os Broncos, de futebol americano, estão na NFL, enquanto os Nuggets, de basquete, disputam a NBA.

Paulo Basso Jr.
Coors Field, o estádio dos Colorado Rockies

 

Quem representa a capital do Colorado na MLB é o time de beisebol Colorado Rockies. Já na NHL, a liga de hóquei, quem patina sobre o gelo são os atletas do Colorado Avalanche.

  • Monumentos e artes

Caso queira encaixar visitas a monumentos e artes na hora de planejar o que fazer em Denver, Colorado, considere passar pelo Capitólio, sede do estado do Colorado. Construído na década de 1890 em granito branco, o edifício conta com uma cúpula dourada com altura equivalente a um prédio de 18 andares. É possível visitar algumas de suas dependências internas.

Paulo Basso Jr.
O famoso Blue Bear, em Denver

 

Mais divertido que ele, no entanto, é o Blue Bear (Urso Azul), que fica do lado de fora do Centro de Convenções do Colorado (CCC).  Trata-se de um urso azul enorme projetado por Lawrence Argent com o nome de “I See What You Mean” (algo do tipo Eu Vejo o que Vocês Querem Dizer).

Revestida de polímero-concreto, a obra de 12 metros de altura parece estar empurrando uma das partes da fachada do CCC com as patas e o nariz, de modo a espiar o que está rolando do lado de dentro da parede envidraçada. O ursão fica na entrada principal da 14th Street e rende ótimas fotos.

Dali, uma simples caminhada leva até o Denver Perfoming Art Complex, que reúne ópera, teatro e diversos espaços culturais. Há uma série de obras nos arredores, inclusive do artista colombiano Fernando Botero. Em uma das extremidades do complexo está o Sculpture Park, onde fica a The Dancers, bela escultura que remete a dois dançarinos.

Paulo Basso Jr.
Escultura The Dancers

 

A capital do Colorado conta ainda com uma série de museus que valem a visita, a exemplo do Denver Art Museum e do Denver Museum of Nature and Science.

Vai alugar carro em Denver? Clique aqui para comparar as opções e encontrar os melhores preços.

  • Parques

Para fechar a lista com o que fazer em Denver, Colorado, não deixe de dar ao menos um pulo em alguns dos inúmeros parques da cidade. No principal deles, o City Park, há um zoológico e um campo de golfe. Outra área verde que pode entrar no roteiro é o Denver Botanic Gardens.

Onde comer em Denver

Há muitos lugares bons para comer em Denver, como os restaurantes citados aqui nos arredores da Larimer Square. Para quem procura por algo mais original, porém, ficam aqui duas dicas e tanto:

Paulo Basso Jr.
Sushi espetacular do Temaki Den

 

Quando você olha de fora, não dá nada para este restaurante japonês situado em uma área repleta de restaurantes em RiNo, nas imediações do hotel The Source. Basta pedir um prato, porém, para ver que você está no lugar certo. Trata-se de uma das melhores casas orientais que já estive nos EUA, com sushis e temakis preparados à perfeição.

Paulo Basso Jr.
Escabeche de marisco no Wildflower

 

Charmoso, o restaurante principal do hotel Life House tem cômodos que remetem a uma maison francesa, muito bem decorados. Um dos destaques do menu é o Spring Onion Agnolotti, uma massa recheada com cebola, deliciosa. A tábua de frios também vem caprichada, com queijos, salame, copa e um bacon dos deuses. Fica a fica a dica também para o saboroso escabeche de mariscos, como entrada.

Clique aqui para fazer reservas de tours, ingressos e transfers em Denver com a Get Your Guide.

Onde ficar em Denver

Grand Hyatt Denver

O grande lance deste hotel é a localização. Fica em um trecho privilegiado do centro de Denver, com acesso às principais atrações de Downtown e dos arredores. Os quartos são amplos, muitos deles com vista para a cidade. O tratamento dos funcionários é bastante cordial.

Faça aqui sua reserva no Grand Hyatt Denver

The Curtis

Este hotel fica a um pulo da Larimer Square, o que por si só já é uma grande vantagem. Tem decoração moderna, diversos ambientes descolados e é pet frendly. É uma das dicas de Seth e Erika, casal de amigos que me receberam em Denver.

Faça aqui sua reserva no The Curtis

Kimpton Hotel Monaco

Mais um hotel bem localizado, no centro de Denver. Conta com ambientes elegantes e tem boas avaliações em relação à limpeza.

Faça aqui sua reserva no Kimpton Hotel Monaco

DICAS PARA VIAJAR A DENVER

Quando planejamos nossas viagens para os EUA, recorremos a uma série de ferramentas de auxílio antes mesmo de sair do Brasil. Assim, conseguimos comprar passagens aéreas mais baratas, alugar carros e reservar hotéis, bem como passeios, transfers e ingressos para eventos, com mais segurança e pagando menos.

LEIA MAIS: CONFIRA AQUI OS DOCUMENTOS E VISTOS PARA ENTRAR NOS EUA
COMO CONVERTER TAMANHOS DE ROUPAS E CALÇADOS NOS EUA

Ao viajar para os EUA, é imprescindível também fazer um seguro viagem e comprar um chip de viagem internacional. Assim, você evita os gastos absurdos cobrados com saúde no país, caso algo fuja do previsto, e consegue usar internet ou telefone para nos comunicar com quem está no Brasil, checar e-mails, postar fotos no Instagram mostrando o que fazer em Denver, Colorado, usar o WhatsApp e tudo mais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;