Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ex-deputado e filho têm a prisão preventiva decretada



10/11/2007 | 10:09


O ex-deputado estadual Roberto Filho (PP-AC) e o filho dele Roberto Barros Júnior, mais conhecido como Bebeto Júnior, tiveram ontem a prisão preventiva decretada acusados de contratar pistoleiros para matar o oficial de Justiça Josenir Anute (PR-AC).

Segundo a denúncia do MP (Ministério Público) do Acre acatada pela juíza Denise Bonfim, da 2ª Vara Criminal de Rio Branco, Roberto Filho é segundo suplente a uma vaga de deputado que está prestes a ser ocupada por Anute, o primeiro suplente da Frente Popular do Acre.

Encomendas - Além do oficial de Justiça, o ex-deputado do PP do Acre e seu filho Bebeto Júnior incluíram na encomenda dos pistoleiros o juiz Clóvis Cabral, da 4ª Vara Criminal, e a promotora de Defesa do Consumidor Alessandra Marques. Eles conduzem um processo contra o ex-parlamentar por queimar a própria casa para receber um seguro de R$ 2 milhões.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;