Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Manifestantes se concentram na Praça do Carmo para ato contra Bolsonaro

Divulgação/ Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cerca de 200 pessoas se organizam para caminhar até o Paço da cidade


Da Redação

19/06/2021 | 11:23


Pelo menos 200 pessoas estão concentradas na Praça do Carmo, em Santo André, para ato unificado ''''Povo na Rua'''' contra o presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), na manhã deste sábado (19). A concentração inicial foi às 10h, na qual, os manifestantes vão seguir até o Paço Municipal da cidade, percorrer pela rua Coronel Oliveira Lima até a estação de trem. De lá, seguirão até a Avenida Paulista, altura do Masp, onde está programada uma maior manifestação, a partir das 16h. 

Os manifestantes protestam contra todas as ações do presidente durante a pandemia pela Covid-19. "O governo Bolsonaro é o principal responsável pela disseminação da Covid19, que já matou quase 500 mil pessoas em todo o país. Não bastasse, o desemprego atinge 14,3 milhões de pessoas e aproximadamente 59% sofrem com insegurança alimentar. Bolsonaro segue negando auxilio emergencial digno para o povo brasileiro, recusou por dezenas de vezes a compra de vacinas, impedindo a salvação de ao menos 100 mil vidas. Além disso, tenta impor o fim da obrigatoriedade do uso das máscaras de proteção na mesmo semana em que a média de mortes diárias por Covid alcançou 1.764 óbitos", informa documento de divulgação do ato. 

Os manifestantes ainda solicitam que quem deseja participar é necessário comparecer nos pontos de encontro devidamente protegidos contra a Covid, principalmente, utilizando máscaras de proteção. 

"Entendemos que o governo Bolsonaro é mais perigoso que o vírus. Por isso, com todas as medidas sanitárias, estamos nas ruas para evitar a continuidade da política de morte desde governo", detalha o professor e um dos manifestante em Santo André, André Sapanos, 34 anos. 

As manifestações em São Paulo integram também demais atos que acontecem neste sábado em outros pontos do País. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;