Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Dólar à vista retoma queda, depois de alta pontual com piora em NY após Bullard



18/06/2021 | 09:45


O dólar está volátil no mercado à vista na manhã desta sexta-feira, 18. A moeda virou para o lado positivo de forma pontual, reagindo ao avanço dos juros dos Treasuries, que vinham em baixa desde cedo, piora dos índices de ações em NY e Europa e ampliação da alta da moeda americana ante pares principais e divisas emergentes, como peso mexicano, no exterior.

Os ajustes ocorreram após o presidente da distrital de St. Louis do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), James Bullard, afirmar que a entidade "abriu oficialmente" as discussões sobre "tapering", como é chamado o processo de retirada gradual dos estímulos monetários. Logo depois, no entanto, o dólar voltou a ceder no mercado à vista.

Mais cedo, o dólar abriu em queda e já rondou os R$ 5,00, favorecido pela aprovação da MP que permite privatizar a Eletrobras. Além disso, investidores locais se antecipam ofertando dólar diante da perspectiva de novos ingressos de fluxo de capital estrangeiro com a previsão de um ciclo de alta maior da taxa Selic neste ano para conter a inflação bem como de continuidade de juros baixos nos EUA até pelo menos 2023, entre outros países desenvolvidos, de acordo com operadores de câmbio.

Às 9h31 desta sexta-feira, o dólar à vista caía 0,13%, a R$ 5,0159. O dólar futuro para julho subia 0,17%, a R$ 5,0215.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;