Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Taxas de juros longas sobem com fiscal no radar; curtas ficam estáveis



16/06/2021 | 09:27


Os juros longos se ajustam em alta modesta na manhã desta quarta-feira, 16, após terem caído ontem e tendo no radar o cenário fiscal, após o presidente Jair Bolsonaro dizer que o novo Bolsa Família pagará R$ 300 em média para os beneficiários do programa, e não R$ 250, que é o valor com o qual a equipe econômica trabalha. Já os curtos e médios operam estáveis, depois de o mercado já ter precificado uma alta de 75 pontos-base da Selic nesta quarta-feira, para 4,25%, pelo Copom. Às 9h15, a taxa de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 estava em 8,44%, de 8,40% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2023 mostrava taxa de 6,98%, de 6,99%, e o para janeiro de 2022 operava estável a 5,39%, na mínima.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;