Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Carol Celico diz se voltaria com Kaká - e revela motivo do fim de seu casamento com o ex-atleta: Não me sentia feliz, nem realizada



15/06/2021 | 13:10


Para matar a curiosidade dos fãs, Carol Celico, a ex-esposa de Kaká, abriu uma caixinha de perguntas no Stories do Instagram - e ela não deixou nenhuma polêmica de fora! Ela, que é mãe de Luca e Isabella, ambos de sua relação com o ex-jogador de futebol, explicou qual foi o motivo do fim do casamento, em 2015:

[Me separei] porque não me sentia feliz, nem realizada. Precisei tomar uma decisão difícil depois de muitos anos tentando me sentir melhor. E, no final, a própria decisão me fez viver experiências que me fizeram crescer, amadurecer, me amar mais para, aí sim, poder me senti livre para amar e ser amada. Não foi fácil, mas deu tudo certo, graças a Deus.

Ela também revelou que nunca recebeu pensão do ex:

Nunca recebi pensão. Fizemos um acordo amigável, sem briga. Evitamos conflitos contratando um mediador (advogado único, especialista em solução de conflitos) e sempre pensamos na saúde das crianças e na estabilidade e paz que queríamos passar por isso. Isso ajudou nosso relacionamento como pais e evitou discussões. Também me fez sentir mais autônoma e segura para ser mãe solteira e não buscar dependência em ninguém.

Um seguidor ainda questionou se Carol daria uma nova chance a Kaká - que hoje é casado com Carol Dias:

Acredito que não. O que não deu certo em um momento, depois de muitas tentativas, é muito difícil de dar certo depois. Acho que o desespero de não encontrar alguém, não estar bem consigo mesmo, e achar que a única opção é voltar com o ex é normal. Já experimentei o sentimento, sim. Vejo muitas mulheres vivendo essa situação, ainda mais quando as crianças pedem ou quando o ex insiste.

Depois, ao responder outras curiosidades, como o fato de ter transado com três homens sua vida toda, revelou que os pais não queriam que ela se casasse tão jovem:

Queriam que eu me dedicasse aos estudos antes e depois casasse. Mas quando fiz 18 anos me sentia dona do meu nariz para tomar qualquer decisão. E sempre fui bem persistente. Eles brincavam que não tinha o que fazer.

E reconhece que, se tivesse se casado mais madura, talvez a chance de divórcio fosse menor:

Talvez sim. Viver experiências sozinha e aprender com os erros. Entender o que gosta, o que é importante, valores e princípios que quero para mim, minha família. Tudo ajudaria. Talvez...



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;